Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Amor aos inimigos





Amar aos inimigos, na conceituação de Jesus, 
não será praticar servilismo ou bajulação

É compreender, acima de tudo, que as faltas daqueles que não se afinam conosco poderiam ter sido nossas e imaginar quão felizes nos sentiríamos 
se tivéssemos, porventura, os nossos erros desculpados e esquecidos, 
por aqueles aos quais tenhamos ofendido. 

Efetivamente, ser-nos-á possível amar aos nossos adversários, 
cultivando atitudes diversas, quais sejam: 

orar pela felicidade deles, no silêncio do coração, 
a envolvê-los em vibrações de paz e encorajamento; 

destacar-lhes as qualidades nobres, 
quando em conversação com pessoas amigas, 
ao redor de ocorrências que lhes digam respeito; 

desembargar, quanto se nos faça possível, 
de maneira oculta e indireta, 
os caminhos para as realizações que demandem; 

auxiliar-lhes os entes queridos, 
quando estejam à frente de problemas 
que lhes surjam no cotidiano, 
de modo a aliviar-lhes as provações; 

induzir companheiros a prestar-lhes apoio 
nas tarefas úteis a que se empenham, 
mentalizá-los sempre tranquilos e felizes; 

desencorajar quaisquer campanhas negativas, 
tendentes a suscitar-lhes desgostos e prejuízos; 
sobretudo, não nos referirmos, em tempo algum, 
a essa ou aquela dificuldade que nos hajam causado. 

Não digas, portanto, que não podes amar aos inimigos, 
porque existem vários meios de endereçar-lhes 
compreensão e afeto, sem humilhá-los 
com a nossa possível benevolência. 

Decerto Jesus, quando nos aconselhou amar aos ofensores, não desejava transformar-nos em carpideiras, junto daqueles que, acaso, não nos entendam ou nos firam e, sim, esperam que os tratemos a todos, na condição de irmãos autênticos e, tanto quanto nós, amados filhos de Deus. 

(De “Monte Acima”, de Francisco Cândido Xavier – Emmanuel)

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

28 comentários:

  1. Sissym...eu andava precisando de palavras como essas. Os seus blogues, todos, me fazem muito bem! Obrigada, sinceramente!

    ResponderExcluir
  2. Olá Sissy,

    Aprendi que para não nos prejudicar, não devemos odiar nossos inimigos, porem a chama muitas vezes ainda nos consome... Mas creio que estas palavras de Chico/Emmanuel são o bálsamo que precisamos para aliviar nossos corações.. Bela Lembrança..

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. @Isa E.: Isa, eu sinto tanta satisfação quando leio comentarios assim. Eu tenho esta preocupação em cuidar da alma das pessoas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. @Geraldo: Geraldo,

    Eu sou uma pessoa que consigo não sentir ódio de quem me faz tanto mal, na verdade, o ignoro. Não o deleto definitivamente de minha vida, porque temos um bem humano em comum. Eu fico impressionada comigo mesma da minha capacidade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sissym, um texto muito coerente! Não costuma bajular ninguém, nem os amigos, porque acho que soa como falsidade. Quando elogio, é de coração e sem interesse. Eu não diria que tenho inimigos, mas pessoas com quem não tenho muita afinidade, mas trato a todos bem e auxilio, se for necessário. Todos somos imperfeitos, todos cometemos faltas e todos merecemos a solidariedade humana. Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Sissym!
    Não é pra qualquer um, confesso, não é!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  7. Maravilhosas palavras neste exemplo do que é amar a quem nos fez mal - o inimigo. O mais difícil realmente é não falar daquilo que alguém que amamos ou que ainda convive conosco nos faz e magoa,principalmente quando achamos que nos calamos por muito tempo e a pessoa abusou. E é aí que temos de aprender a amar aquele que como nós, não é perfeito. Beijos e uma boa tarde! Vera.

    ResponderExcluir
  8. Pode parecer difícil de aplicar, no entanto, não desejar mal a eles já acho de bom tamanho,hehe...

    ResponderExcluir
  9. Olá minha querida amiga Sissym, boa noite!!!
    Belo texto minha amiga, sábias palavras psicografadas por Chico Xavier, bons ensinamentos para que possamos viver em harmonia com nossos irmãos. Amar os nosso inimigos não significa ficar acariciando-os ou bajulando-os, mas sim não querer o mal das pessoas, entender que todos somos imperfeitos e podemos cometer os mesmos erros, significa fazer o bem, não se importando a quem.
    Valeu minha querida amiga, adorei essa linda mensagem!!!
    Tenha um dia maravilhoso e abençoado!!!
    Beijos e muita paz!!!

    ResponderExcluir
  10. Passou o aniversário e eu estava fora!!!!
    Então antes tarde do que nunca...
    Parabéns!
    Parabéns!
    Hoje é o seu dia...
    Que dia mais feliz!!!!
    É pique,
    É pique, ...
    rsrsrs
    Ratibum!!!!!!! rsrsrs
    Sissym, Sissym,Sissym,Sissym,

    Sinta-se agora, beijada e abraçada.
    que os Deuses te abençoe sempre e te cubra com suas energias protetoras.
    Beijocas de brigadeiro.
    Lua.

    ResponderExcluir
  11. Oi,Sy!Saudades de você,já acho difícil amar quem nos ama quanto mais quem nos detesta e quer nos ver pelas costas.Acho um desafio sem tamanho,mas é preciso tentar...
    Saudades de ti e de vir aqui,mas só pra variar minha vida tá uma correria louca.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  12. @Bia Hain: Bia, eu sou muito sincera no que tenho a dizer e quando elogio uma pessoa, eu o faço ou porque senti o merecimento ou porque percebo que vai melhorar a estima da outra parte.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. @Sozynho: Rike, é dificil, mas é necessario.

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. @Vera Alvarenga: Vera, voce tocou num ponto realmente crucial e importante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. @Eninha Campos: As vezes eu desejo... porque muitas vezes eles extrapolam tudo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. @Luis Eduardo Pirollo: Luis, eu tenho passado por tanta coisa ruim causada por um ex marido doente de alma, contudo, vejo a minha superioridade e a insignificancia dele, pq meus atos não são identicos aos dele.

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. @Lua Negra: Lua, querida, sei que vc estava fora, recebo sim, e muito agradecida suas alegres palavras de comemoração.

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  18. @Flor de Lótus: Florzinha, foi o que disse um pouco mais acima, é preciso ter muita grandeza de espirito para perdoar.

    Eu tambem sinto saudades e amei a surpresa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Sissy creo que hay que ser muy, muy generosos para querer a tus enemigos, francamente, creo que hay que intentar no tenerlos, pero si los tienes yo no podria quererlos, aunque al menos, intentaria no odiarlos. Un beso amiga y que tengas una linda semana,

    ResponderExcluir
  20. Amar os inimigos,amiga, é uma forma de exercitar nossa paciência e nosso perdão de coração...
    É duro... Exige uma força sobrehumana de nós. Mas vale muito a pena!

    bjos Fada linda!

    ResponderExcluir
  21. @Nieves: Siempre se honesto! Y ser honesto con uno mismo es lo que más importa. BESOS

    ResponderExcluir
  22. @Mylla Galvão: Mylla, HAJA paciencia! Isso mesmo, um exercicio mental!

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Olá, amiga!

    Uma bela e autêntica explicação do evangelho de hoje. Sim, parece, mas não é impossível amar os nossos inimigos. Muito podemos fazer, pois, amor é ação, nem que sejam preces. Revidar o mal com o mal não é digno dos seguidores do Mestre.

    Grande abraço
    Socorro Melo

    ResponderExcluir
  24. É tão difícil amar nossos inimigos... é tão mais fácil odiá-los...
    Acho que esse é o meu pecado, estou trabalhando em melhorar isso...
    Abç

    http://adraftbox.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. @Socorro Melo: Socorro, eu costumo ler algumas vezes esta mensagem espírita e resolvi apresentar no blog pq sabia o quanto seria bom para todos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  26. @Jason S. Krueguer: Voce, Jason, não é o unico a sentir isso, mas no dia que conseguir mudar um pouco, vai se sentir tão bem, que compreenderá.

    Beijos

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada