Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

As rédeas do instante que vive


Seja alegre e esperançoso.

Não permita que os aborrecimentos, 

as tristezas  e os desalentos vençam o seu coração.

É você que está no comando de si mesmo, 

que determina o que deve e o que não deve fazer, 

que tem nas mãos as rédeas do instante que vive.

É você que pode converter o negativo em positivo, 

o inútil em útil, o turbulento em pacífico.

Depende unicamente de você possuir-se 

e edificar-se, instante a instante.

E ser no dia seguinte melhor do que no 

anterior e aprender a ter paz.

Querendo, você pode!

Acreditar em si mesmo é dar um passo 

decisivo em direção à paz.




Lourival Lopes

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

26 comentários:

  1. Lourival Lopes disse tudo, Sissym.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. @Van: Van,

    Eu adoro tudo dele... sempre me faz pensar muito.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. O teu sonho sobre limites que tanto bem te fez significa que está superando os teus limites.
    Maravilhoso isso, não é?

    Um beijo, grande Coração!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá Fadinha... que bela mensagem!
    Nós é que escolhemos se nosso copo estará quase cheio, quase vazio,ou pela metade!
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  5. Se perdemos a direção corremos o risco de não andarmos mais, portanto é necessário tomarmos o controle de nossas vidas, tudo depende de cada ato ou sentimento sem escoras humanas,acreditarmos na nossa capacidade de vencer e ter e viver....

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. @Valéria Braz: Valeria, bom lhe ver, as vezes voce fica sumidinha.
    Eu andei derramando meu copo recentemente... vou ter que ler a mensagem varias vezes então. Sério, acho que é isso, aprender todos os dias, mesmo achando que já se decorou a lição da vida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. @Cecilia sfalsin: Cecilia,

    Acreditar na capacidade. Pois é, quando amigos ou parentes me dizem o motivo pelo qual escrevo tanto, eu respondo que não sei cozinhar nem fazer nada manual, como artesanato, eu sei escrever. Se eu não acreditar que possa fazer diferença na minha vida, então, parte de meus sonhos terão findado.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Com certeza Sissym, tudo o que ele falou é a pura verdade. Às vezes tencionamos a nos desviar das nossas intenções para seguir outras não tão sujestivas quanto às nossas por agrado dos amigos. Mas a nossa vida quem rege é a gente e as suas rédeas são controladas pelo nosso livre-arbítrio. Forte abraço. Fique em paz.

    ResponderExcluir
  9. @Fantasma: Fantasma, o meu pressentimento sempre fala mais alto mas nem sempre eu o sigo, costuma ser um erro, especialmente por ouvir outras pessoas. Estas não falam por maldade, mas temos o habito de desviar o foco daquilo que estamos planejando sem muitas vezes perguntar a si mesmo se era aquilo que gostaríamos ou não.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. @Jorge: Jorge, eu era muito jovem. Só que precisei aprender na pratica todo o significado.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Sissym. Temos um poder fantástico sobre nós mesmos, o desafio é usá-lo a nosso favor. Ótimo texto. Um abraço!

    ResponderExcluir
  12. Acho bom quando a gente tem a tendência a nos apegar a coisas boas, leituras, pensamentos e atitudes que nos levem a reagir de modo positivo ao que nos tira do eixo. Também faço isto. Às vezes, até porque quero me convencer de que tudo vai ficar bem, leio e releio, ou olho para o lado belo de alguma coisa..rs...já é uma forma de seguir em frente, escolhendo não pisar só em lama, não é?
    Beijo!

    ResponderExcluir
  13. @Vera Alvarenga ...: Vera, querida, eu sempre quero e preciso me convencer que TUDO vai se resolver, com minha ajuda, com ajuda de só Deus sabe quem ou Ele mesmo. Eu penso que se não acreditar nisso, então a esperança morreu.

    Beijos e obrigada.

    ResponderExcluir
  14. @Bia Hain: Dizem Bia, e acredito, que o poder da mente pode tanto ser construtivo quanto o contrario.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá Fadinha,

    Sejamos alegres e esperançosos, tomando as rédeas de nossas vidas em busca do arco-iris.

    Abraço

    ResponderExcluir
  16. Oi Sissym, mensagem inspiradora, pois os dias são difíceis e tudo nos leva para descrença e desanimo, nem sempre é fácil colocar tais ensinamentos em pratica mas é preciso.

    abraços

    ResponderExcluir
  17. @Geraldo: É importante, Geraldo, manter a cabeça erguida, porque quando mais elevado o espírito, mais facil não se perder nos desvios.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. @Marcos Mariano: Marcos, tem sido para muita gente. Ouço tantas pessoas reclamando de coisas semelhantes, mas os que superam são justamente os que acreditam mais em si.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Minha fada, parece que essa postagem de hoje foi pra mim... sem dúvidas...
    Lindo demais!

    ResponderExcluir
  20. @Fernando Munhoz: Eu acho Fe, que em alguns momentos o mundo conspira par que encontremos respostas!

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Passando para desejar dias de paz nesse carnaval.

    Um abração.

    Antonio (Apon)

    ResponderExcluir
  22. Oi minha querida Sissy!
    Estou ausente ultimamente porque decidi dar cores novas na minha vida, ressuscitar os prazeres da vida, sentir-me útil e desafiadora... Saí da inércia incômoda e fui em busca do movimento. Porque no final, como bem diz este post maravilhoso, tudo depende de nós e do nosso querer... Nós fazemos acontecer...só depende de nós!
    Grande beijo, cheio de carinho e saudades...
    Jackie

    ResponderExcluir
  23. @Antonio Pereira (Apon): Antonio, parabens pelo texto que colocou no seu blog sobre o carnaval.

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. @Jackie Freitas: Jackie, eu tambem freiei e muito o que fazia antes, mas a necessidade de continuar escrevendo é como o ar que respiro.

    Senti sua ausencia sim, vou lhe telefonar em breve e desejo que voce, guerreira, construa suas novas pontes para chegar onde desejar estar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Sissy, correr sem se importar em olhar para trás... É preciso, mesmo, ter coragem para isso, porque sempre tomamos o passado como referência e, com isso, acabamos não inovando ou mudando a atitude.
    Bom texto para reflexão!
    Meu carinho,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  26. @Yolanda Hollaender: Yolanda, eu precisei, para sofrer menos, andar olhando só para frente. Não que não me importe com o que ou com quem fica para tras, mas se eu olhar posso até me desesperar. Não é falta de coragem, coragem é olhar para frente.
    Beijos

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada