Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Influências




Se existe alguém criando uma sombra sobre você, não pense negativo,

pense apenas que esta pessoa é diferente de você:

"Eu não posso mudá-la, mas posso mudar minhas respostas.

Se continuo a ter uma visão de amor e respeito por ela,

terei uma boa possibilidade de influenciá-la.

Reagir seria colocar uma barreira na compreensão.

Se mudo minha atitute, não por diplomacia ou cortesia artificial,

mas vendo o valor dela, haverá uma boa comunicação.

No momento certo, a mudança poderá acontecer.

B.K. Jayanti




Obs.: B.K. Jayanti é professora de meditação de renome mundial.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Conserve-se em equilíbrio


O corpo sofre se a mente se desgoverna.

Mesmo que o corpo seja deficiente, a mente serena o ajuda.

Muitos dos males físicos provêm dos desequilíbrios da mente,

da falta de controle emocional, da descrença em Deus e nas próprias forças.

O mental se une ao físico, assim como a locomotiva se une aos vagões.

E, se a locomotiva, que é a mente, sai dos trilhos, o resto de destrambelha.

Conserve-se em equilíbrio.

Diz o ditado que “quando a cabeça não pensa, o corpo padece”.

Então, melhor é afirmar que, quando a cabeça ajuda, o corpo agradece.



Lourival Lopes

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Esse é o certo




Não é porque você fez tudo certo em relação a uma pessoa que

deve esperar que ela também faça tudo certo em relação a você.

A vida é assim: cada um dá o que tem.

Mas, mesmo que sofra, lembre-se de que você aprende a

viver se receber dos outros sempre o mesmo que dá.

Nos contratempos é que mais se aprende.

Considere as razões dos outros e jamais se ofenda.

Esse é o certo.

O que você faz vem de você, é de você, e o que

vem dos outros é dos outros, pertence a eles.

A sua compreensão é sua evolução.



Lourival Lopes

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Como mudar as pessoas?




"É engraçado como todos nós nos sentimos vítimas diante das atitudes dos outros.
São sempre os outros que nos ferem, que são ingratos, que nos caluniam,
que são injustos conosco! Nós somos sempre as vítimas...

Somos tão orgulhosos que jamais olhamos para dentro de nós mesmos
para verificar como somos realmente.
Será que o problema está nos outros ou em nós mesmos?

Se você tem ao seu lado uma pessoa que julga difícil para conviver,
já experimentou mudar suas atitudes com ela?
Tente... às vezes o defeito não é dela, mas é nosso.
Somos nós que não conseguimos compreender as fraquezas e
limitações dos outros, muito embora queiramos que todos nos compreendam.

Procuremos dar o melhor de nós para os outros.
Mudemos as nossas atitudes para com os outros, sem esperar quaisquer recompensas,
reconhecimentos ou agradecimentos.

Quando trabalhamos pela paz e pelo bem, a recompensa vem automaticamente,
em forma de bênçãos, de paz, de saúde física e espiritual,
já que nossa consciência fica leve e tranquila.

Lembremo-nos de que é muito fácil culpar os outros pelos nossos problemas,
mas o que estamos fazendo para melhorarmos a situação?
Estaremos contribuindo para melhorar ou piorar ?

Façamos a nossa parte, lembrando que só o amor é capaz de romper qualquer barreira
e de construir uma vida melhor para todos, nos levando a viver harmoniosamente.
Exercitemos, pois, a arte de amar o nosso próximo, como a nós mesmos,
assim como o Cristo nos ensinou um dia.

Tenhamos a certeza de que somente com o amor conseguiremos transformar as
pessoas que estão à nossa volta, e principalmente, a nós mesmos!"

Lourival Silveira

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Dê um Sorriso de Presente

Eu, Sissym, a Fadinha do Blogzoom (que já está em festa),
apoio orgulhosamente este maravilhoso Programa.

E tenho certeza absoluta que, muito em breve,
eu vou poder fazer mais do que compartilhar na blogosfera.
É o que quero.



DIA DAS CRIANÇAS - Operação Sorriso do Brasil


Toda criança sonha,

mas VOCÊ pode realizar: OSB


Doe um Sorriso!













"Para a realização de nossos programas são necessários diversos recursos. Conseguimos minimizar os custos de nossos programas através de parcerias institucionais e corporativas e da utilização de mão-de-obra especializada voluntária. Utilizamos hospitais públicos e conseguimos doações de grandes empresas de produtos cirúrgicos. No entanto, nossos custos para o envio de uma equipe especializada para os locais dos programas são elevados, e por isto necessitamos da contribuição de todos que desejem apoiar nosso trabalho.

Junte-se a nós!

Faça uma contribuição para nossa causa e nos ajude a tratar mais
crianças e adolescentes que ainda aguardam a cirurgia corretiva."


Visitem o site e apoiem esta bela causa: Operação Sorriso - www.operacaosorriso.org.br


Feliz Dia das Crianças!!!

sábado, 8 de outubro de 2011

Mãe e/ou Pai quando desnecessários



A boa mãe (ou o bom pai) é aquela (e) que vai se tornando desnecessária com o passar do tempo.

Várias vezes ouvi de um amigo psicanalista essa frase, e ela sempre me soou estranha. Até agora. Agora, quando minha filha de quase 16 anos começa a dar voos-solo. Chegou a hora de reprimir de vez o impulso natural materno de querer colocar a cria embaixo da asa, protegida de todos os erros, tristezas e perigos.

Uma batalha hercúlea, confesso. Quando começo a esmorecer na luta para controlar a super-mãe que todas temos dentro de nós, lembro logo da frase, hoje absolutamente clara. Se eu fiz o meu trabalho direito, tenho que me tornar desnecessária.

Antes que alguma mãe apressada me acuse de desamor, explico o que significa isso. Ser 'desnecessária' é não deixar que o amor incondicional de mãe, que sempre existirá, provoque vício e dependência nos filhos, como uma droga, a ponto de eles não conseguirem ser autônomos, confiantes e independentes. Prontos para traçar seu rumo, fazer suas escolhas, superar suas frustrações e cometer os próprios erros também.

A cada fase da vida, vamos cortando e refazendo o cordão umbilical. A cada nova fase, uma nova perda é um novo ganho, para os dois lados, mãe e filho. Porque o amor é um processo de libertação permanente e esse vínculo não pára de se transformar ao longo da vida. Até o dia em que os filhos se tornam adultos, constituem a própria família e recomeçam o ciclo.

O que eles precisam é ter certeza de que estamos lá, firmes, na concordância ou na divergência, no sucesso ou no fracasso, com o peito aberto para o aconchego, o abraço apertado,o conforto nas horas difíceis.

Pai e mãe - solidários - criam filhos para serem livres. Esse é o maior desafio e a principal missão. Ao aprendermos a ser 'desnecessários', nos transformamos em porto seguro para quando eles decidirem atracar.

" Dê a quem você ama :
- Asas para voar...
- Raízes para voltar..."


Dalai Lama



PAI OU MÃE DESNECESSÁRIA
Texto de: Marcia Nede
Psicanalista e doutora em Psicologia

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Ser positivo é estar bem

Se nós quisermos, podemos encontrar uma solução!



Seja uma pessoa forte, positiva, real, amorosa.

Enxergue adiante.

Aproveite as oportunidades do agora.

E não aceite o ditado ”Deixe como está para ver como fica”.

A sua vida pede avanço, dinamismo, confiança.

Dê a você mesmo as chances para progredir.

E digite no Banco Divino suas senhas de esperança e paz.

Ainda que tudo esteja contra você, levante o ânimo, creia

em Deus e acredite que uma boa hora há de chegar.

Ser positivo é estar de bem com Deus.



Lourival Lopes


sábado, 1 de outubro de 2011

Sorria com todo prazer




Sorria com prazer.

O teu sorriso é um bem, um poder, uma dádiva.
Opera mudanças profundas em ti e em quem o recebe,
abre portas, eleva e traz a paz, gera a segurança e a prosperidade.

O instante propício para sorrir, que ora tens, é único. Não o deixes escapar.
Poderá retornar sob outra forma, mas não será o mesmo.

Se alguém não te devolve o sorriso, deixa-lhe essa responsabilidade.
Nem todos dão valor à felicidade.

Quanto mais sorri com amor, mais a vida se mostra disposta a te beneficiar.

Sorria.

O teu sorriso é impulso para uma vida melhor.



Lourival Lopes




- Eu já experimentei o poder do sorriso e surtiu efeito!
Precisei de paciência e adorei o resultado.