Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Vencer

"As pessoas que vencem neste mundo são

as que procuram as circunstâncias de que precisam

e, quando não as encontram, as criam."

(Bernard Shaw)


sábado, 28 de maio de 2011

Iluminando o Mundo

O vôo


Ilustrando meus pensamentos
Iluminando as vias do meu pensar
Elucidando profundos sentimentos
Esclarecendo o que venho procurar

Aqui está


Penetrando segredos sem esbarrar
Procurando maneira de me chegar
Preparando notas doces a inspirar
Respirando amenidade, vou exalar

Encantos



Pois o propósito é de iluminar
a face de quem por aqui passar
Delineando palavras para aspirar
à boa-ventura, 
venham, pois, aclamar :

A vida.

(por Sissym)

imagens: Antonio

terça-feira, 24 de maio de 2011

Chamo-me Amor !

Boa Noite! Bom Dia!

Ele (Jesus) foi a encarnação desse sentimento que transcende a tudo.
E é principalmente nos momentos em que nos sentimos mais sós e nos achando incapazes de lutar contra os dissabores inevitáveis do mundo, que devemos nos permitir senti-Lo em nós.



Pensemos em Suas palavras:

"Todo aquele que o Pai me der virá a mim,
e quem vier a mim eu jamais rejeitarei...

Aquele que crê em mim nunca estará sozinho..."


Chamo-me Amor!


QUANDO, nas horas de íntimo desgosto,
o desalento te invadir a alma
e as lágrimas te aflorarem aos olhos
Busca-Me!

Eu sou Aquele que sabe sufocar-te o pranto
e estancar-te as lágrimas;

QUANDO te julgares incompreendido pelos que te circundam
e vires que em torno a indiferença recrudesce, acerca-te de Mim.

Eu sou a LUZ,
sob cujos raios se aclaram a pureza de tuas intenções
e a nobreza de teus sentimentos;

QUANDO se te extinguir o ânimo, as vicissitudes da vida,
e te achares na eminência de desfalecer, chama-Me!

Eu sou a FORÇA,
capaz de remover-te as pedras dos caminhos
e sobrepor-te às adversidades do mundo.

QUANDO, inclementes, te açoitarem os vendavais da sorte
e já não souberes onde reclinar a cabeça, corre para junto de Mim!

Eu sou o REFÚGIO,
em cujo seio encontrarás guarida para o teu corpo
e tranquilidade para o teu espírito.

QUANDO te faltar a calma, nos momentos de maior aflição,
e te julgares incapaz de conservar a serenidade de espírito, invoca-Me!

Eu sou a PACIÊNCIA,
que te faz vencer os transes mais dolorosos
e triunfar nas situações mais difíceis;

QUANDO te abateres nos paroxismos da dor
e tiveres a alma ulcerada pelos abrolhos dos caminhos, grita por Mim!

Eu sou o BÁLSAMO,
que te cicatriza as chagas e te minora os padecimentos.

QUANDO o mundo te iludir com as suas promessas falazes
e perceberes que já ninguém pode inspirar-te confiança, vem a Mim!

Eu sou a SINCERIDADE,
que sabe corresponder à fraqueza de tuas atitudes e à exelsitude de teus ideais.

QUANDO a tristeza e a melancolia te povoarem o coração
e tudo te causar aborrecimento, clama por Mim!

Eu sou a ALEGRIA,
que te insufla um alento novo
e te faz conhecer os encantos de teu mundo interior.

QUANDO, um a um, te fenecerem os ideais mais belos
e te sentires no auge do desespero, apela para Mim!

Eu sou a ESPERANÇA,
que te robustece a fé e acalenta os sonhos.

QUANDO a impiedade se recusar a relevar-te as faltas
e experimentares a dureza do coração humano, procura-Me!

Eu sou o PERDÃO,
que te eleva o ânimo e promove a reabilitação de teu espírito.

QUANDO duvidares de tudo, até de tuas próprias convicções,
e o cepticismo te avassalar a alma, recorre a Mim!

Eu sou a CRENÇA,
que te inunda de luz o entendimento e te reabilita para a conquista da felicidade.

QUANDO já não aprovares a sublimidade de uma afeição sincera
e te desiludires do sentimento de seu semelhante, aproxima-te de Mim!

Eu sou a RENÚNCIa,
que te ensina a olvidar a ingratidão dos homens
e a esquecer a incompreensão do mundo;

QUANDO, enfim, quiseres saber quem Sou,
pergunta ao riacho que murmura e ao pássaro que canta,
à flor que desabrocha e à estrela que cintila,
ao moço que espera e ao velho que recorda.


Eu sou a dinâmica da Vida e a harmonia da Natureza, chamo-me


AMOR!



Emmanuel

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Top Blog 2011 - Educação Solidária

Eu recebi um convite para participar novamente do Top Blog, sendo este ano o tema:

Educação Solidária.



No corpo do email recebido, dizia assim:


"Na edição 2010 do Prêmio TopBlog, seu Blog, Masquerade, participou de forma expressiva. Na edição 2011, contamos novamente com a sua participação."


E explicou a intenção do tema de 2011:


"O Prêmio TopBlog 2011 adotou como tema a questão da Educação Solidária.

O que vem a ser isso? – Respondo: É multiplicar conhecimento, experiências, técnicas, visões e vivências. O interessante dessa questão é que ela gera uma via de mão dupla; quando compartilhamos o que sabemos também recebemos conhecimento alheio, ampliando nosso próprio acervo de conhecimento.

Quem bloga compartilha o que sabe, e aprende com quem lê e participa interativamente de um blog. E o conhecimento ali depositado, em posts e comentários, fica disponível para quem quiser acessar e se aventurar a ler. Assim, é uma forma atual de oferecer Educação Solidária, pois quem escreve como autor ou como comentarista lucra apenas com o fato de ter sua opinião exposta, avaliada e muitas vezes validada por outros que se interessam pelo assunto…"





Pois são esses os motivos que me incentivaram nesses anos a ler, compor e comentar. Eu penso no que fiz ontem, no que faço hoje e no que deixarei registrado para o amanhã.

Para mim, somos todos desde já vitoriosos, porque contribuimos diariamente com a informação e o bem estar de muitas pessoas. Cada um, do seu modo.


Obrigada a todos que me seguem e que me admiram.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

A arte de calar





"O silêncio é um momento vivificante de graça,
em que a criatura se cala, mas o espírito fala"

Calar sobre sua própria pessoa, é humildade.
Calar sobre os defeitos dos outros, é caridade.
Calar quando a gente está sofrendo, é heroísmo.
Calar diante do sofrimento alheio, é covardia.
Calar diante da injustiça, é fraqueza.
Calar quando o outro está falando, é delicadeza.
Calar quando o outro espera um palavra, é omissão.
Calar e não falar palavras inúteis, é penitência.
Calar quando não há necessidade de falar, é prudência.
Calar quando DEUS nos fala no coração, é silêncio.
Calar, diante do mistério que não entendemos, é sabedoria.

Arrependo-me muitas vezes de ter falado, nunca de me ter calado.
Seja dono de sua boca para não ser escravo de suas palavras.
Cuide da palavra. É da essência da palavra, tornar-se realidade.
Palavras como: "péssimo", "infeliz", "desgraçado"...,
podem voltar-se contra você e infelicitar a sua vida.

Repetidas, mais fortes ainda tornam-se os seus efeitos. Tenha cuidado.
Fale somente o que é bom. Quando não puder falar o que é bom, cale-se.
Ter a fala disciplinada é conquistar segurança e grandeza de espírito.

Aprenda a falar com Jesus em seu coração e em sua mente Ele se manifestará.





Sabedoria dos Mestres

sábado, 14 de maio de 2011

Manter a calma, um tesouro é !





Em algumas situações, principalmente nas em que estamos com

problemas, olhamos para os céus com um peso no coração.

Temos a impressão de que a nossa vida vai de mal a pior, de que

não teremos mais boas alegrias nem um futuro de paz.

Vivemos uma grande aflição.

Mas, ante os pensamentos de calma, a aflição desaparece.

A calma é um tesouro que não devemos desperdiçar.

Merece que lutemos por ela.



Lourival Lopes

terça-feira, 10 de maio de 2011

Tenho uns amigos cheios de gracinhas...

Prestem atenção, mulheres, no email que recebi de um amigo muito engraçadinho.
Depois de apreciarem..., aceito sugestões do que eu faço com ele :


São poucos volumes.
É equivalente a coleção Os Grandes Pensadores da Abril...vá logo reservar o seu Manual.

Disponível o primeiro volume do "Manual para entender as mulheres"
é tão simples .... leiam....

Disponibile il primo volume del "Manuale per capire le donne"
è così semplice.... leggetelo!


terça-feira, 3 de maio de 2011

O valor do silêncio





Não fale no instante da raiva.

Nem no da inveja ou do ciúme.

O silêncio vale muito.

Quando tranca a má resposta ou as reações perversas,

você afasta os males, impede a continuidade

das ofensas, faz raciocinar melhor quem age

sob os ímpetos danosos e abre os

corações para o bom entendimento.

Responder ao pé da letra, de imediato, nem sempre é bom.

É preciso fazer antes um exame do que se deve dizer,

do sentido das palavras, do que vão causar em quem as ouve.

Tenha caridade.

Quem provoca reações violentas sofre com a própria violência.



Lourival Lopes