Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

terça-feira, 3 de maio de 2011

O valor do silêncio





Não fale no instante da raiva.

Nem no da inveja ou do ciúme.

O silêncio vale muito.

Quando tranca a má resposta ou as reações perversas,

você afasta os males, impede a continuidade

das ofensas, faz raciocinar melhor quem age

sob os ímpetos danosos e abre os

corações para o bom entendimento.

Responder ao pé da letra, de imediato, nem sempre é bom.

É preciso fazer antes um exame do que se deve dizer,

do sentido das palavras, do que vão causar em quem as ouve.

Tenha caridade.

Quem provoca reações violentas sofre com a própria violência.



Lourival Lopes

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

35 comentários:

  1. A pausa também é música e é tão importante para a compreensão da obra, quanto qualquer outra nota.
    Muito bonito o texto que você publicou, bjs.

    ResponderExcluir
  2. @Gisavasfi: Giiiii.... obrigada! Adorei lhe "ver" aqui. Beijos

    ResponderExcluir
  3. My dear,
    This is very good advice indeed! I think everyone has said something in the heat of anger or jealousy that they came to regret. Sometimes when I don't like what someone has said or done, I become quiet.
    Adding more fuel to a dangerous and unnecessary fire is never a good idea!
    Boa noite e sonhas doces~
    Love, Craig

    ResponderExcluir
  4. As vezes o silêncio fala mais alto. Muito bom.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Olá querida amiga Sissym, realmente em muitas situações o silêncio é o melhor que podemos fazer,pois na hora da raiva, ou impensadamente podemos prejudicar e nos prejudicar também, nos contermos é melhor, nessas horas o silencio ajuda, afora isso em muitas situações o silêncio é benéfico.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Oi Sussym tem um pensamento que diz: Pense TUDO que você falar, mas não fale TUDO que você pensar. Hemry W. Shaw O silencio em muitos momentos é um grande pacificador.

    Amiga uma boa noite

    ResponderExcluir
  7. Faduscaaaaaaaaaaaaaaaaa minha ricaaaaaaaaaaa
    bah eu sou do tipo q num pensa sabe
    largo tudo na hora do modo e como sinto
    algumas vezes tentei num rasgar o pacote de leite e isso me fez mais mau do que abrir o bebedor de lavagem pode ser egoismo de minha parte mas aprendi a soltar todo meu verbo na hora em q ele quizer explodir pra naum acabar se tornando um tormento pra mim mas admiro os q coonseguem manter a lingua dentro da boca em determinadas ocasioes

    bjimmmmmmmmmmmmm faduscaaaaaaaa encantada

    ResponderExcluir
  8. Bem, eu sou escorpiano, e sei o que é ter língua afiada. O que me falta em músculos, me sobra em veneno para inocular nas próprias cobras!

    Hoje em dia, tenho consciência do poder destrutivo da palavras e tento me conter, ainda que Justiça me dê razão! Afinal, não ganha que fala por último, ganha quem fala "venci!", e esse nem sempre é o último...

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Também concordo com vc. A "coisa" volta!Não se ganha um bate-boca com palavras grosseiras e agressivas. Alias, bate-boca nem deveria fazer parte!

    ResponderExcluir
  10. Olá Sissym!
    Sim, não permitir que uma discussão continue é difícil, mas neste caso, o silêncio vale muito.Dá a impressão que quem cala perdeu... e, sem romantismo, às vezes perde mesmo!! Contudo, se habituar a responder na mesma medida, nem sempre é bom, como o que foi dito aqui,porque há o perigo da gente se habituar a discutir.
    Às vezes o silêncio vale ouro!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá querida amiga,que belo texto,o silêncio na hora certa vale mais do que palavras agressivas na hora errada,com raiva e mágoa é muito fácil perder o controle,é da natureza humana,certamente se livrara de consequencias enormes evitando uma discussão!!
    bjsssssssssss...

    ResponderExcluir
  12. Querida Sissym, bom dia!!!

    Em muitos momentos é difícil silenciar quando na verdade queremos soltar o mais profundo grito da garganta ou a mais profunda frase de nossos pensamentos... mas, concordo plenamente que o silêncio, em muitas situações é o melhor remédio e também o melhor conselheiro...

    Parabéns pela postagem!!!

    Bjs e um lindo dia!!!
    Lu

    ResponderExcluir
  13. Eu dei não valor ao silêncio recentemente e paguei o preço. falei sem pensar e agora vou precisar resolver alguns contratempos chato. O silêncio é mesmo ouro.

    ResponderExcluir
  14. Belo texto, induz a reflexão

    Antonio carlos

    ResponderExcluir
  15. Oi Sissy querida!
    É uma grande mensagem, minha amiga!
    Muitas vezes conseguimos dar respostas melhores quando deixamos que o silêncio fale por nós! Não é sábio agir ou falar no calor das emoções...
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  16. Olá, Sissym!
    Se todos nós aprendessemos que temos dois ouvidos e apenas uma boca, seríamos bem melhores como pessoas!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  17. @SeuLuiz: Luiz, amigo, pois bem, precisamos aprender que isso tem valor e como fazer funcionar a nosso favor.

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. @Craig: With you, I've learned new meanings for life.


    Thanks

    ResponderExcluir
  19. @Fatima Zanin: Sim, Fatima, e quantas vezes não soubemos o quanto seria importante e faria a diferença. BEIJOS

    ResponderExcluir
  20. @Vivendo pela Palavra de Deus!!!: Irismar, eu já li isso antes e considero de grande relevancia. É isso mesmo! Obrigada. Bjs

    ResponderExcluir
  21. @Guria Faceira: Juci, acho que a maturidade tem me ensinado a dominar a mente, eu falo sim o que penso, mas antes de abrir a boca, pode ter certeza, eu processei... bem mastigadinho, colocando nos cantos o sim e o não. Posso errar, mas procuro me segurar para evitar o que não é bom para mim.

    Bjs

    ResponderExcluir
  22. @Ebrael Shaddai: Isso deve ser nato! Pode acreditar que minha filhota de 10 aninhos também articula bem as palavrinhas?! É escorpiã! rsssss

    Bjs

    ResponderExcluir
  23. @Palavras: Verdade, Valeria, volta mesmo. Então, o silencio...kkkkk... pode ser desvastador, até... um amigo... no caso inverso.

    Bjs

    ResponderExcluir
  24. @mundo virtual: Mauro, este texto entendi que é importante para ajudar as pessoas. Eu sei que na hora da raiva as vezes é complicado ficar quieto, mas é preciso aprender a aquietar o pensamento.

    Bjs

    ResponderExcluir
  25. @luciana: Como sou mais emoção do que razão, eu já sofri muitas vezes as consequencias de não me segurar no momento certo. Estou aprendendo ainda.

    Bjs

    ResponderExcluir
  26. @Eduardo Montanari: Eduardo, como disse logo acima, eu tambem já errei muito. Queria ter aprendido muito antes, mas nunca é tarde.

    Bjs

    ResponderExcluir
  27. Glauco Marchezin (salveobule.blogspot.com)
    comentou 12 horas atrás
    Amiga,
    Bom dia.
    Só consegui ler agora, mas posso lhe dizer que o texto é perfeito.
    Se pararmos um momento para refletir diante de uma frustação nossa, antes de emitirmos qualquer pensamento apenas tomado pela emoção, podemos evitar muitas mágoas para aqueles que nos cercam, e os quais muitas vezes são as pessoas que temos maior carinho.
    Agindo assim, ainda acredito que o bem maior desse silêncio será para nós mesmos.
    Parabéns pela excelente postagem.
    Abs.,

    Glauco

    ResponderExcluir
  28. @Jackie Freitas: Jackie,

    Até eu aprender... até aprender a controlar a impulsividade.
    Sabe como aprendi?! Quando entendi que contra quem pratica o mal a unica maneira de se proteger é calar tudo, até o pensamento.

    Bjs

    ResponderExcluir
  29. @K: Rike, eu já li isso uma vez, e é verdade, ouvir mais, falar menos.

    Bjs

    ResponderExcluir
  30. @Vera Alvarenga ...: Vera, eu aprendi com o "lado obscuro - Darth Vader - eheheheh" que o silencio é cruel. É um remedio, um antidoto ou mesmo um veneno. Depende como e quando usar.

    Bjs

    ResponderExcluir
  31. Olá Sissym
    Dominar as emoções é sempre a melhor saída!
    Muitas vezes vencemos pelo nosso silêncio!
    Beijos

    ResponderExcluir
  32. @Arte e Café: É uma arma a favor que nem sempre sabemos como e quando usar.
    Alba, muito obrigada, beijocas.

    ResponderExcluir
  33. Olá bela Fadinha !!!

    Lindíssimo texto, obrigada por compartilhar !!
    Esta é uma lição que a pouco tempo comecei a tentar praticar. Não é nada fácil calar enquanto as emoções estão em ebulição, mas pude comprovar que é muito mais benéfico !!
    Quando revidamos no impulso, acabamos alimentando um círculo vicioso que nunca se acaba, porque reação provoca ação e isso se torna interminável.
    Se usamos este silêncio sábio, podemos além de não carregar arrependimentos, fazer com que a outra pessoa reflita sobre suas ações...
    Adorei !

    Um super beijoooo

    ResponderExcluir
  34. @Samanta: Samanta, eu era muito impulsiva, felizmente, mudei muito mesmo.
    Quando somos impulsivos, só vamos dar conta da bobagem depois de feita. Algumas vezes até cai bem, na devida hora, graças a espontaneidade, outras... é um desastre.

    Bjs

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada