Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

domingo, 17 de abril de 2011

Da Profundeza do meu Ser


Da Profundeza do meu Ser...
eu subtraio todas as decepções
apago lágrimas que vem a descer
escondendo as ferinas desilusões

Ninguém percebe o único poder
a verdade dura e crua, as razões
que só se revelam ao anoitecer
quando olhos cerram: erudições

Do que?

Quem entenderia? Desmembrando
segredos do tempo e a clarividência
do que fui e sou, comprometimento
guardada para mim, reminiscência

Eu sei...

Sobre o passado.

Contudo, não sei como a você chegar
Foram armadilhas incompreensíveis
emaranhadas, mas só me resta sonhar
o futuro de ações e amores invisíveis.

Indivisíveis, contínuos e reais.

(por Sissym)




Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos.
Antoine de Saint-Exupéry

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

23 comentários:

  1. My dear,
    Your poetry goes so deep into your being! The music is very melancholy - a reflection of your thoughts.
    Nothing can separate us, neither time, nor space because, Yes we are; "Indivisible, solid and real".
    Good day to you - I am with you always!
    Love, Craig

    ResponderExcluir
  2. Olá Sissy,

    Vi a figura do morro e do castelo e vejo que muitas estão clamando para o infinito. E ninguém nos ouve nas profundezas do infinito...

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. @Geraldo: Uauuu Geraldo, voce entendeu! Obrigada.

    ResponderExcluir
  4. I have always loved that Saint-Exupery quote, thanks for reminding me. Have a lovely Easter holidays!

    ResponderExcluir
  5. @Nieves R: Dear Nieves, have you a lovely Easter holidays! Cheers!

    ResponderExcluir
  6. Que bela poesia querida Sissym!

    Sempre adoro ler seus versos, tão belos e profundos, que são escritos das profundezas do seu ser, para serem entendidos pelas profundezas de nossos seres.

    Forte abraço!

    ResponderExcluir
  7. @Poesias: Esse com certeza veio do fundo de minha alma que tinha muito mais a dizer. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Sissym minha querida... que profundo e que busca imensa desta louca descoberta de si mesma!

    segredos do tempo, e a claividência do fui e sou....
    Lindo......
    Beijo no coração

    ResponderExcluir
  9. Olá Sissy querida!
    Acho que as maiores descobertas nascem nas profundezas do nosso ser! São investigações sinceras, onde por mais que queiramos, não conseguimos nos esconder de nós mesmos... Então, minha linda, mergulhe fundo nessa profundeza e traga à tona os seus melhores sentimentos, as suas melhores descobertas... As coisas ruins, afogue e mate nas profundezas...
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  10. O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.o que for o teu desejo, assim será tua vontade.O que for a tua vontade, assim serão teus atos.O que forem teus atos, assim será teu destino.

    ResponderExcluir
  11. @Valéria Braz: Valeria, na verdade nao é facil expor isso, por mais que busque expressar, ainda está guardada a essencia.

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. @Jackie Freitas: Jackie, eu tenho estado conversando comigo, procurando meios para mudar o que desejo acertar. Uma busca.

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Maria Marçal (maturidadedivagando.blogspot.com)
    comentou um dia atrás
    Para mim que te conheço um pouco diria que essa junção de palavras se encaminham ao equilíbrio do foi e será daqui para frente.

    beijos, Maria Marçal - Porto Alegre - RS

    ResponderExcluir
  14. @Alfeu Gomes: ALFEUUUUUUUUUUUU isso foi demais!
    Nem sei o que responder. Mas adorei.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  15. Fadinha

    No encontro com nós mesmo é que temos um grande aprendizado e descoberta de soluções para muitas coisas.

    Um Abraço

    ResponderExcluir
  16. Sissym
    É sempre bom ler uma boa poesia. Parabéns e Feliz Páscoa.

    ResponderExcluir
  17. @Viver com Saúde - Catarino: 

    Catarino, que bom lhe receber!
    Boa Pascoa tambem!

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. @Fábio Siebra: As respostas sempre estão dentro de nós, ninguem pode saber o que guardamos nas dobras do coração. Bjs

    ResponderExcluir
  19. Sissym, maravilhoso seu poema; vê-se que saiu do fundo d'alma! O passado, as reminiscências..., mil lembranças de coisas que ficaram inacabadas; e isso dói. Dói, mas é passado; outras coisas se sobrepõem a essas...
    Parabéns, adorei!
    BEIJOSSSSSSS

    ResponderExcluir
  20. @Neusa Fiesta: Neusa, é isso mesmo. O passado doloroso é preciso ser deixado de lado, de alguma maneira, não merecemos sofrer o tempo todo. Se nao nos deram valor, que possamos nos reconhecer, assim outros nos verão. É dificil, muito, mas é preciso.

    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Admiro quem sabe colocar os sentimentos em versos como você tão bem o fez, amiga Sissy...
    O passado é uma referência, e só por isso vale resgatá-lo, no mais, é arquivá-lo e escrever uma nova página...

    "Saudade é amar um passado que ainda não passou,
    É recusar um presente que nos machuca,
    É não ver o futuro que nos convida..."(Pablo Neruda)
    Beijos
    Yolanda

    ResponderExcluir
  22. @Yolanda Hollaender: Normalmente, o passado que pode conter detalhes que nos machuca no presente, mas sentimos no presente as dores do passado. O melhor é respirar fundo e virarmos a pagina.

    Eu coloco um pouco de mim nas poesias e poemas.

    beijos

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada