Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Lei Maria da Penha: CUIDADO !

Elvis Presley - The Impossible Dream (O Sonho Impossível)

"(...)And the world would be better for this
That one man scorned and covered with scars
Still strove with his last ounce of courage
To reach the unreachable star".



Que país é este?!

Qual o nome desta nação?!



O que vemos todas semanas, senão diariamente,

nos jornais, revistas e televisão?!

Corrupção !!!

Não se iludam.

Teorias podem ser perfeitas.

Na prática, voce pode, desde perder tudo, até morrer.

Apanhar é ruim?! É péssimo!

Ser insultada é péssimo?! É uma vergonha!

Vergonha é pensar que inventaram a solução e descobrirmos a verdade!

A verdade pode ser transformada em mentira.

E a mentira ser absoluta verdade.

Cuidado!



Eu sou contra a violência doméstica, mas este país não tem jeito!

É doença cultural mesmo!


Lei de Gerson:


É uma "lei" não-escrita na qual a pessoa que "gosta de levar vantagem em tudo" segue,
no sentido negativo de se aproveitar de todas as situações em benefício próprio,
sem se importar com questões éticas ou morais.



AS PESSOAS NÃO PENSAM !!!
Vendem-se ou trocam favores sem se importarem com o sofrimento alheio!


Deve ser por isso que o índice de denúncia é tão baixo ...
Porque as vítimas sabem, perfeitamente,
interpretar todo este texto.




Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

21 comentários:

  1. Olá querida Fada !!

    Não sei a quantas anda o cumprimento desta Lei, mas sei que a alguns anos atrás, passei por maus bocados, sendo vítima de violência física, verbal e psicológica... Quando procurei a polícia, um oficial me disse que nada poderia ser feito, só mesmo se fosse em flagrante... Bom aí indaguei : - E quando eu estiver morta numa vala, isso é flagrante ??
    Então desisti de tomar estas medidas e tive que tentar resolver de outra forma, enquanto não consegui isso, vivi um verdadeiro inferno tendo toda minha família ameaçada, fiquei presa em casa por quase 1 ano, por medo, até que tive a sorte de conseguir resolver meio que na "ignorância" e com ajudas nada convencionais... Por isso, sei exatamente o que uma mulher passa e seu medo em denunciar, só quem já passou por isso não julga e nem chama de covarde ou diz "que fulana" gosta de apanhar...
    Lamentável esta situação que ainda está longe de ter um desfecho justo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Sissy querida!
    É realmente lastimável e vergonhoso que queiram criar leis para punirem pais que maltratam seus filhos, mas não conseguem punir pais que passam exemplos tão horríveis aos seus filhos. Se não podemos ser amparadas por leis, o que nos resta? Criar nosso código de sobrevivência?
    Difícil, minha amiga...muito difícil! Mas, temos que ter fé que as mãos dos homens machucam e as de Deus curam!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  3. Sissym,
    infelizmente a lei que foi criada para proteger, não protege, pois tem falhas; o correto seria que no ato da denuncia, o denunciado fosse preso e aguardasse julgamento detido; mas devido a precariedade das nossas cadeias, foi aberto uma brexa na lei, fazendo com que os agressores sejam somente advertidos; o que nossos delegados e delegadas não entendem é que estes homens são violentos e que quando a mulher cria coragem de denuncia-los é porque a situação já passou dos limites faz tempo e depois de tal atitude serão agredidas novamente e com mais violencia e muitas são mortas.
    Tomara que um dia a lei funcione em sua plenitude salvando e não piorando a situação e a vida de mulheres.

    bjus

    ResponderExcluir
  4. @Samanta: Samanta, o que me fez escrever este artigo, e continuarei fazendo isso, é que andei conversando com mulheres que foram casadas, assim como eu, com pessoas de classe media-alta, ou mais, com dinheiro e conhecimento. Todas, todas, todas, perderam tudo. Tiveram que abrir mão de tudo para ou ter paz ou não morrerem. Sempre tem "mulher" metida no meio. Nos unimos e nos matamos também. Essas mulheres acabam sendo cumplices de bandidagem desses ex-maridos.

    ResponderExcluir
  5. @Jackie Freitas: Jackie, o homem quando pode, se não mata a mulher, ele a trucida de qq maneira. Ele é capaz de sabotagens, mentiras, distorções, farsas, qq coisa, para mostrar que a ex-conjugue é maluca e até péssima mãe.

    É asqueroso. E tudo isso acontece devido a lentidão da justiça e "camaradagem" nos setores judiciarios.

    ResponderExcluir
  6. Fatima Zanin (belani-rcontosecomentarios.blogspot.com)
    comentou 4 horas atrás

    Olá amiga Sissym, a violência doméstica contra a mulher afeta toda família, quem age uma vez pode continuar, mas acho que muitas vezes as pessoas recuam por incertezas, falar se fala ,mas a pratica deixa a desejar, quando nada mais é possivel do que adiantam asl eis,mas é preciso se defender.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. @Kassya Mendonca: O que sempre me perguntam, não entendem, como meu caso foi julgado numa delegacia comum e por uma conciliadora, quando deveria ser em local apropriado e por um juiz! Interessante isso.... Daí... vamos parar nas VF... ahhhhhhhhh aí o bicho pega, pra nós, as mulheres. Salvo aquelas que tem algum "poder", então deve ser páreo duro enfrenta-las. Mas eu não conheci nenhuma até agora....

    ResponderExcluir
  8. O Brasil vive a metástase de um câncer em vários órgãos: câncer até no cérebro, em que valores são invertidos, sentimentos, antes puros, são renegados e desprezados. Hoje pensa-se com o fígado (desce redondo) e com os genitais. O bolso e a ...carteira são órgãos biônicos anexados ao corpo das pessoas, escravizando-as.

    Lembremos de uma coisa: leis são feitas para serem transgredidas!! Nenhuma Lei vai transformar a sociedade, senão, no máximo, diminuir o caos sob coerção. Como disse a Simone, o pior é que a caneta do Juiz não escreve, o carro da polícia não persegue os verdadeiros bandidos e os bandidos continuam a semear o caos!
    O Brasil TÁ UMA MERDA!

    ResponderExcluir
  9. Olá querida amiga...vc postou algo que mexe muito comigo...tbm acredito que a lei Maria da Penha não funciona como as autoridades dizem, se funcionasse tantas mulheres não teriam sido assassinadas como a tv mostra praticamente todos os dias.
    Parabéns pelo post, um grande abraço.
    Ahh...desculpe o sumiço, ando meio corrida...

    ResponderExcluir
  10. @Tia Bláblá: Ola!

    A Lei teoricamente funcionaria... o problema é a corrupção escandalosa e que as varas de familia não estão preparadas para lidarem com questoes tão fortes, onde haverá um deles encenando o tempo todo.

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Verdade, Sissym... analisando o comportamento humano, vemos que que é preciso que calamidades aconteçam para que saiamos dessa zona de conforto. A mesma coisa ocorre com as nossas relações pessoais. Preferimos romprer laços de forma brusca,... traumatizante. Existem lutas externas e internas. A última é a mais difícil. Lutar contra nossas más inclinações, nossa má educação, nosso egoísmo. Lutar contra injustiças sociais ("levantando a bandeira"), corrupção (voto), etc., faz-se nescessário a medida que tomamos consciência da necessidade dessas lutas. Somos semementes. Precisamos encontrar o chão certo, o tempo exato para semearmos o que a humanidade precisa. Nós podemos e conseguiremos mudar o contexto. Precisamos continuar acreditando!

    ResponderExcluir
  12. Olá Sissy,

    Infelizmente, com ou sem Lei, a violência alastra-se com todos os requintes de crueldade, seja elas quais forem, é o retrato da "lei" e "sociedade" brasileira..

    Abraço

    ResponderExcluir
  13. @Geraldo - Admin: Geraldo, ontem eu assistia o noticiario que falava sobre o aumento da criminalidade contra a mulher. Eles só falam de crimes fisicos, mas... e os psicologicos?!

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá minha amiga!
    Acho até que nosso país está mudando... mesmo que a passos de formiga.
    No judiciário a Lei Maria da Penha funciona, mas ainda tem que melhorar a questão da abordagem da lei nas delegacias que muitas vezes tratam agressões domésticas "deixando passar só desta vez".
    Acredito (ou pelo menos espero) que com o tempo isto mude e a lei seja aplicada. Assim como todas as demais leis também deveriam ser respeitadas.
    Abraços, Fernandez.

    ResponderExcluir
  15. Essa é mais uma das tantas leis que só existem no papel. Na prática, grande parte da Justiça trata as pessoas de forma totalmente parcial. Quem já precisou dela sabe muito bem disso.
    Os responsáveis por melhorar e resolver essas questões estão muito mais preocupados com alianças partidárias, aumento dos próprios salários e benefícios etc. A sociedade sempre fica em segundo plano, no máximo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. @Rpdrigo Piva: Rodrigo, o que me dá raiva é ver que a justiça fica dando brechas para que eles continuem de outra maneira a torturarem suas ex-conjugues!

    Bjs

    ResponderExcluir
  17. @Fernandez: Fernandez, infelizmente, as delegacias normais não querem fazer nada sobre questoes familiares. Já a DEAM, delegacia da mulher, ela trata muito bem a mulher. O problema está quando o processo se finaliza e é encaminhado. É por trás dos bastidores que acontecem tudo de errado contra quem mais precisal O judiciario não está mudando nadinha... a propria Ministra Eliana Calmon criticou recentemente o sistema que ainda faz "camaradagens" para subirem hierarquicamente.

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. vim te visitar

    PAZ

    LUZ

    AMOR

    beijos amiga!!

    ResponderExcluir
  19. Olá, Sissym!
    As pessoas realmente são estranhas! quando pensamos que acertam por um lado, desandam tudo por outro!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  20. @Braulio Pereira: Braulio, amei a visita! Muito obrigada! Boa noite!
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. @Rike: É um mundo insano.... sem coerencia! Beijos

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada