Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

sábado, 27 de novembro de 2010

25 de Novembro : Uma luta com várias faces

25 de Novembro: o Dia Internacional pelo fim da Violência contra a Mulher foi criado pela ONU em 1999, afim de lembrar o assassinato de três irmãs na República Dominicana. Elas faziam oposição à ditadura do país, foram torturadas pelo serviço secreto militar durante meses, ainda violentadas e depois assassinadas em 25 de novembro de 1960.


As Nações Unidas mais uma vez fortaleceram o combate à violencia contra a mulher em campanhas para apontar os problemas e buscando soluções contra os criminosos em foros internacionais.

O Portal Violencia Contra a Mulher menciona a "Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violencia contra as Mulheres". Compreendam, por favor, que ser violentada sexualmente, apanhar, são atos muito covardes, todavia a violência não pára aí. Baseada nos tópicos da Campanha, apresento outras formas vis de violência contra as mulheres:

Física – Qualquer agressão que se dê sobre o corpo da mulher. Exemplo: empurrões, beliscões, queimaduras, mordidas, chutes, socos ou, ainda, uso de armas brancas como facas, estiletes, móveis e armas de fogo.

Sexual – Qualquer ato onde a vítima é obrigada, por meio de força, coerção ou ameaça, a praticar atos sexuais degradantes ou que não deseja. Ao contrário do que se pensa, este tipo de ato violento também pode ser cometido pelo próprio marido ou companheiro da vítima.

Psicológica e moral – Este tipo de violência se dá no abalo da auto-estima da mulher, por meio de palavras ofensivas, desqualificação, difamação, proibições de estudar, trabalhar, se expressar, manter uma vida social ativa com familiares e amigas (os) etc. Por não resultar em vestígios físicos ou materiais é de difícil detecção, mas também se constitui em violência que pode ser denunciada e julgada.

Patrimonial – Qualquer ato que tem por objetivo dificultar o acesso da vítima à autonomia feminina, utilizando como meio a retenção, perda, dano ou destruição de bem e valores da mulher vitimizada.

Institucional – Qualquer ato constrangedor, fala inapropriada ou omissão de atendimento realizado por agentes de órgãos públicos prestadores de serviços que deveriam proteger as vítimas dos outros tipos de violência e reparar as conseqüências por eles causadas.




Infelizmente, apesar de tantas campanhas, a Lei ainda é "muito bonitinha no papel", a Justiça estraga com ela, porque as trocas de favores nos tribunais contribuem para que a violência nunca termine e se o agressor tiver QI.... ahhhh... é uma vergonha.

Provavelmente, quem já sofreu violência doméstica, conhece praticamente todos os itens acima relacionados. A violência psicológica e moral é extremamente nociva e costuma afetar especialmente os filhos. Os companheiros violentos costumam impedir suas mulheres de crescerem profissionalmente, desmotivam e dificultam o acesso a estudos de aperfeiçoamento, fazendo com que elas não tenham autonomia da vida. Sem dizer que as retiram, maliciosamente, do convívio social até familiar.




Este site tem links importantes:

http://www.agenciapatriciagalvao.org.br/


http://200.130.7.5/spmu/portal_pr/atendimento_estados_pr.htm

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Lei e Ordem, Paz e Guerra, e os maus exemplos

Eu estava lendo as reportagens sobre os conflitos bélicos na Cidade do Rio de Janeiro. Parece até que estamos assistindo Tropa de Elite - a Série, ou seja, a ficção fundamentada na realidade que virou fato. Haverão os heróis, os culpados e os criminosos, além de uma sociedade massacrada.

É preciso reestabelecer a Lei e a Ordem.

Contudo sofremos um caso crônico, porque deixaram um monstro se formar e crescer para devorar a paz, além de manchar a imagem do Rio de Janeiro no mundo inteiro.

BBC Brasil - Manchete: "Violência no Rio ameaça reputação de todo o Brasil, diz jornal espanhol"

Mundo inteiro? O mundo está em guerra!

Pois eu acabo de ler também, nas manchetes, o seguinte:

1) A Coreia do Norte disse que exercício deixam a península próxima da guerra... nem vou me aprofundar a respeito.

2) Arábia Saudita prende 149 suspeitos de ligação com a Al Qaeda... etc etc..


Enquanto isso, outros tipos de guerra ainda não foram solucionadas: a fome e a aids!


Mencionando o último item:

Exemplos...

A televisão bem que tem distorcido a Lei, a Ordem, a Família.

Cada vez mais eu e outras pessoas ficamos indignadas com a novela Passione! Francamente, o que adianta mostrar o sofrimento da família com um viciado em casa? Se em contrapartida, apresenta corruptos na empresa e dilaceradores de laços familiares; ter pena de uma velha que abusava de suas netas e pedir liberdade para esta megera; um bígamo e suas duas mulheres sem-vergonha na cara, sem auto-estima e respeito; homens vagabundos que nada fazem, não estudam, não trabalham e ainda causam várias encrencas.

Puxa... é boa esta escola ? ... Em todo o mundo, cada vez mais surgem humanos individualistas, egoístas, sanguinários e aproveitadores; as famílias perderam o conceito fundamental da união, o amor é uma utopia e a paz é passageira. A mídia vem contribuindo para afirmar comportamentos desagregados e inaceitáveis, aceitando como originalidade atitudes erradas e as adaptando à situação presente.


Os homens devem ser adulados ou destruídos, pois podem vingar-se das ofensas leves, não das graves; de modo que a ofensa que se faz ao homem deve ser de tal ordem que não se tema a vingança.

Niccolo Maquiavel


terça-feira, 23 de novembro de 2010

uma Oração na luz da manhã




Hoje, olhe o dia com esperanças e pronuncie esta oração:

“Pai Santo, abençoe este dia.

Ponha nele o que é bom e o que alegra.

Que à luz deste dia eu seja melhor que antes.

Que eu tenha calma, acerte no que faça,

compadeça-me dos outros, sentindo que

são meus irmãos, que possuem mais virtudes

do que defeitos, mais bondade do que maldade.

Que eu me torne um canal da Sua bondade

e mantenha no Alto os meus pensamentos,

para amar a tudo e a todos.

Obrigado, Pai, obrigado”.

Assim fazendo, este dia responderá dando-lhe satisfação.

O dia é bom desde cedo para quem

dá a ele o melhor do seu coração.



Lourival Lopes

Contemplação




Coisas belas dão paz.

Pense no sol da manhã que penetra o quarto;

no sol do crepúsculo, que passa por baixo das nuvens, colorindo-as;

nas nuvens que derramam a chuva vivificante;

na brisa que refresca o ar, em dia calorento;

na flor de cores fortes, que enfeita a grama bem tratada;

na pessoa amada que chega com um sorriso;

nas estrelas que brilham na noite escura;

na notícia que chega depois de longa espera;

no sonho da criança em seu cântico de alegria;

no afago de sua mãe;

na prece bem sentida no coração.

Abra a alma para o que é belo.

Um instante a apreciar a beleza traz mais de mil lições.



Lourival Lopes

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Olha, mãe: Mascarede!




Se o amor é fantasia,
eu me encontro ultimamente
em pleno carnaval.
Vinícius de Moraes






O amor é como a criança: deseja tudo o que vê.
William Shakespeare

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Você é o responsável pelo seu caminho

Hoje eu, Sissym, fiz algo que tinha muita vontade de por em prática antes, em breve vou contar para voces. Eu me senti realizada com minha atitude e este texto fala um pouco disso:



Redação do Momento Espírita

Muitas são as diretrizes que indicam caminhos para se encontrar a felicidade. Muitas sugestões e conselhos já foram dados para os que procuram pela felicidade. Essas iniciativas são positivas, quando nascidas do desejo sincero de ajudar. E são necessárias porque cada pessoa poderá seguir pela rota que mais lhe seja favorável, e que esteja de acordo com suas forças e entendimento.

Os caminhos para a felicidade são muitos. Uns são mais curtos e mais íngremes, e exigem mais esforço e renúncias. Outros são mais longos e mais planos, mas todos conduzem ao mesmo fim.

A felicidade é, sem dúvida, uma construção diária, que mais se efetiva quanto mais a ela nos dedicamos. Quanto mais conscientes dos passos que nos levarão ao seu encontro, mais perto dela estaremos. Mas enquanto não conseguimos conquistar a felicidade suprema, podemos ir preparando o caminho com algumas atitudes fáceis e lúcidas, nos passos de cada dia.


Eis algumas dicas:

Use expressões meigas e cobertas de ternura.

As energias afáveis favorecem uma atmosfera de paz no coração que as exercita.

Busque a visão otimista sobre as pessoas. Enxergue o lado bom que todos nós possuímos.

Pequenos gestos de bondade por dia alicerçam as grandes atitudes do amanhã, sedimentando os nobres e elevados sentimentos.

Silencie diante das críticas às atitudes infelizes do próximo. Somos nós mendigos do entendimento alheio ante nossos equívocos repetidos.

Aprenda a deixar fluir a compaixão, quando a dor espelhar-se na alma do próximo.

Condicionará, desta forma, as próprias forças no caminho da caridade, irradiando o calor da fraternidade por onde passar.

Sorria ainda que esteja atravessando difíceis momentos na Terra.

O sorriso gera simpatias e afasta invernos escuros, permitindo o brilho do sol da esperança para você e para tantos que atravessam seu caminho.

Mantenha a calma em qualquer situação.

Quem confia em Deus e está convicto de Sua Providência infalível, sabe que os recursos necessários chegarão tanto mais rápido e precisos quanto estivermos em posição positiva na vida.

Tolere o mais que possa. Perdoe sempre. Leve paz onde houver dissensões.

Quem semeia brisas suaves não enfrentará os tufões da agonia em estradas futuras.

Conceda ao irmão do caminho a gentileza de sua sincera alegria pelas conquistas dele.

Demonstre desprendimento natural. Prossiga leve com as aspirações elevadas.

A cada dia coloque-se como instrumento de construção, ciente que Deus nos favorece com a bênção do serviço, para que Sua presença seja sentida no mundo por nosso intermédio.


Sendo assim:

Você, e somente você, é responsável pela sua felicidade ou seu infortúnio.

Seu caminho para a felicidade só poder ser construído por você, mais ninguém.

Se hoje você encontra em seu caminho pedras e espinhos, é porque houve um tempo em que você se descuidou do seu jardim.

Por isso, é importante não perder mais tempo. Selecione a boa semente e comece agora a reflorir seu caminho para que possa encontrar, logo mais, o perfume agradável da boa semeadura.



Bibliografia:

http://www.momento.com.br
Livro "Ajuda-te", pelo Espírito Marta,
psicografia de Frederico Menezes, ed. DPL.

domingo, 14 de novembro de 2010

Silenciando o pensamento




Eu aprendi a silenciar o pensamento
aprecio isso, ausência total de ruído:
então eu ouvirei o silêncio da noite.
As estrelas piscam lá no firmamento
e convivem com o silencio distraído:
o sossego e o repouso da entrenoite.

As paixões ficam acesas no silêncio
envolvidas pelo mistério e segredo,
pois ele que prepara golpes mortais.
Atento então para o melhor auspício
que não me cegue do que é escondido
sapiência reter desejos sobrenaturais.

Longe da interrupção de uma musica
a pausa, o que ela poderá representar
num silencio absoluto tão melodioso.
Reescrever a composição filarmônica
desta mente que não deseja se anular
só resguardar-se no silêncio e calar-se.

(por Sissym)






O que me preocupa não é o grito dos maus.
É o silêncio dos bons.
Martin Luther King

Sem a música, a vida seria um erro.
Friedrich Nietzsche

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Estar Feliz não é ser Feliz

Hoje me sentei em frente ao meu monitor, procurando fazer uma reflexão sobre felicidade e buscando entender os efeitos que essa palavra nos causa, no dia-a-dia seja no trabalho, em casa, na rua, na chuva ou na fazenda ou em uma casinha de sapê. Em geral, estamos felizes, mas muito poucos são felizes. Existe uma diferença entre estar e ser feliz.

Estar feliz são momentos transitórios em que vivemos após a resolução de um problema que roubou grande parte da nossa tranquilidade e, ao resolvermos, nos sentimos leves e com aquela sensação de alívio pelo problema sanado.

Precisamos ter uma conversa com um amigo que julgamos seja importante, passamos semanas para encontrar esse amigo, nos angustiamos, ficamos ansiosos pelo encontro e quando, por fim, encontramos e conversamos, ficamos aliviados e felizes.

Às vezes, uma forte enxaqueca que nos tira o sono e nos arrebata a tranquilidade de uma noite plena de descanso e quando essa enxaqueca vai embora, respiramos aliviados e, finalmente, podemos dormir o sono dos justos. Isso é estar feliz, é experimentar essas sensações de alívio e de bem-estar. Momentos transitórios, mas que são importantes, afinal, não aguentaríamos viver só de problemas ou de dor.

Quanto a ser feliz, é ter um estado permanente de felicidade. Eu diria que é o estado da arte como permanecêssemos em alfa e requerem de nós muita maestria, muita elegância de espírito, uma mistura de poesia e sedução com muita habilidade para viver a vida; é como diz a música:

"A vida tem sons, que pra gente ouvir precisa aprender a começar de novo, é como tocar num mesmo violão e nele compor uma nova canção".

Ser feliz é aprender a começar de novo, exige muita transpiração somada a muita inspiração, é treinar todo dia como faz um atleta ao se preparar para uma olimpíada: treina à exaustão para superar obstáculos e bater seus próprios recordes.

Ser feliz é saber tirar dos momentos de derrota, decepções, angústias, tristezas sempre uma lição que irá impulsioná-lo para uma próxima etapa da vida. É saber virar a página e agradecer a Deus pela oportunidade de uma nova lição e nunca jamais se desviar do caminho que se quer chegar.

Ser feliz é sorrir todo dia, chorar todas as noites e acreditar sempre que tudo irá mudar para melhor, no dia seguinte; saber que a vida não é uma constante música de amor; mas que a vida é musicalidade e devemos aprender com muita determinação a dançar conforme esta toca, não importa se triste ou alegre.

Ser feliz não é se conformar com tudo, é se indignar com as injustiças; é não acreditar em tudo que falam; é questionar sempre, ter vontade própria respeitando a individualidade; possuir opinião própria sabendo que a sua não é a única; saber dar valor às pequenas coisas, não deixando que nada passe desapercebido aos seus olhos. É tomar as dores dos indefesos, dos humildes, dos idosos, é entender a diversidade, saber conviver e conversar com as pessoas, mas procurar ouvir sempre, pois o silêncio é de ouro.

Ser feliz é um estado de espírito permanente, que ilumina qualquer ambiente onde se chega. Existem pessoas que não cabem em qualquer espaço, de tão felizes e iluminadas que são, tornam-se imensas, tamanho é seu grau de felicidade; são pessoas felizes e iluminadas, cuja convivência nos faz bem.

Ser feliz não é ser rico, pobre ou milionário. A felicidade transcende a classes sociais, culturas e costumes. Pessoas que são pobres e moram humildemente são mais felizes que milionários que habitam palácios. Ser feliz é um estado de graça permanente, independentemente do sol, da chuva ou do frio.

Ser feliz é saber tocar o mesmo violão e nele sempre compor uma nova canção.


Nelson Sganzerla
http://somostodosum.ig.com.br/p.asp?i=100&s=1

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Liberdade Vigiada



Saí de perto do seu domínio do mal

físico...

contudo, voce não mais se satisfaz...
abusa da inocência tenra para ritual
macabro, doentio, ordinário demais

Aproveita-se do poder e indecência
de uma mentecapta justiça amoral
para este jogo escuso de influência
subornável, que te sirva de umbral

então...

amparado por um clã unido à discórdia
pisam, mentem, difamam, maltratam
distorcem, inventam cada vil estória
fingem o que não são e me perseguem

e daí se escrevo poesias?

e daí se tenho amigos?

e daí se tenho blogs?

Voce sabia que mulheres são:

professoras, escritoras, pesquisadoras
são mães e todas trabalham em casa
jornalistas, cozinheiras e contadoras
são mães e são ótimas dona de casa?

mulheres são polvos!

As mulheres são valentes guerreiras
elas são mães e elas são profissionais
as mulheres são tão belas costureiras
de feridas causadas por homo-animais

fechamos as cicatrizes de nossas almas
com pontos divinos vindo do Supremo
unimos em oratória contra diabo-alma
típico, do tipo que persegue ao extremo.

Você fez a sua escolha e eu colhi a vida
eu sou livre, eu sou livre, eu sou livre,
deixe-nos em paz, vá... vá de partida
espiritualize-se, evolua para sempre!

(por Sissym)






A alma é uma coisa que a espada não pode ferir, o fogo
não pode destruir, que as águas não podem maltratar,
que o vento de meio-dia não pode secar.
Textos Hindus

Tudo vale a pena quando a alma não é pequena.
Fernando Pessoa

domingo, 7 de novembro de 2010

Paul McCartney - While My Guitar Gently Weeps

Esta noite, em Porto Alegre, o meu único ídolo, PAUL McCARTNEY, estará se apresentando... ahhh se eu pudesse pedir uma música seria a que acompanha esta postagem. Eu adoro esta e amo demais. Em 1990, eu tive a oportunidade de assistir seu maravilhoso show realizado no Maracanã. Saudades.... quem sabe eu terei a sorte de vê-lo by Youtube! Ahhh que sorte do Zeca Camargo que o entrevistou! Eu também ficaria muito feliz com 20 minutos de entrevista!


Paul McCartney no Brasil

Porto Alegre
Quando: 7 de novembro
Onde: Estádio Beira Rio (Avenida Padre Cacique, 891)
Os ingressos estão esgotados.

São Paulo
Quando: 21 e 22 de novembro
Onde: Estádio do Morumbi (Praça Roberto Gomes, 1)
Os ingressos estão esgotados.







I look at you all see the love there that's sleeping
While my guitar gently weeps
I look at the floor and I see it needs sweeping
Still my guitar gently weeps

I don't know why nobody told you
How to unfold you love
I don't know how someone controlled you
They bought and sold you

I look at the world and I notice it's turning
While my guitar gently weeps
With every mistake we must surely be learning
Still my guitar gently weeps

I don't know how you were diverted
You were perverted too
I don't know how you were inverted
No one alerted you

I look at you all see the love there that's sleeping
While my guitar gently weeps
I look at you all
Still my guitar gently weeps

(I look from the wings at the play you are staging
While my guitar gently weeps
As I'm sitting here doing nothing but aging
Still my guitar gently weeps)



Eu (esta aqui na foto ao lado) compartilho a deliciosa e sedutora voz de India Aire (Santana w/India.Arie) cantando, também, a canção tema de minha matéria :

sábado, 6 de novembro de 2010

O amor me mantem viva!



Embriagada pela mortal sedução
vislumbro algumas possibilidades
de manter aquecido meu coração
na chama da paixão e na realidade

Não dá para respirar a dita solidão
não... não dá.. viver dias de tristeza
sou cheia de vontade, sou a emoção
amar pode ser minha cruel fraqueza

Elevo os meus olhos para o horizonte
fecho-os, imagino, vislumbro o futuro
pois são meus secretos desejos a fonte
que alimentam o corpo nu e seguro.

Ah... é o amor que me mantém viva!

Não importa que tipo de amor é esse!
Seja de valor maternal, ou o fraternal
ou vindo de um homem que desperte
sonhos adormecidos de uma maneira,

s e n s a c i o n a l !

(por Sissym)



Aquele que nunca viu a tristeza,
nunca reconhecerá a alegria.
Khalil Gibran

Vivemos todos sob o mesmo céu,
mas nem todos temos o mesmo horizonte.
Konrad Adenauer

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Entre as Escolhas




Entre os erros descobri acertos,
entre o desânimo encontrei forças,
entre destruição vi paredes aproveitáveis,
entre ruas perdidas, encontrei saídas,
entre a miséria eu vi esperança,
e no meio do caos, uma direção.

Quando o céu escureceu e a noite caiu,
a solidão me fez companhia,
e no meio do silêncio da noite perdida,
eu conversei com o vazio, e chorei,
e entre as lágrimas eu vi um riso,
e entre rir ou chorar,
preferi a gargalhada seca de quem espera,
e agora faço o meu caminho sem medo.

Entre o meu sonho e a realização: um fio,
uma tênue linha que nos separa,
um esforço a mais que eu tenho que realizar,
e entre o ficar e o ir, eu vou,
entre o amar ou o ficar, eu amo,
entre o mar e rio, eu navego,
entre o doce e o amargo, eu me lambuzo.

E se tenho tanta confiança,
é porque no fundo no fundo,
vive em mim uma criança,
que neste momento sorri, e diz sim para vida,
porque sabe perdoar e recomeçar,sempre...
Liberte a criança que mora em você,
antes que ela envelheça e se esqueça,
de que amar vale a pena, sempre!

Paulo Roberto Gaefke