Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

sábado, 18 de dezembro de 2010

Eles viverão um Natal ?!

"- Mestre, qual o mandamento maior da lei?"
Jesus respondeu:
- "Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu espírito; este o maior e o primeiro mandamento. E aqui tendes o segundo, semelhante a esse: - Amarás o teu próximo, como a ti mesmo."
Toda a lei e os profetas se acham contidos nesses dois mandamentos.
(S. MATEUS, cap. XXII, vv. 34 a 40.)


"Amar o próximo como a si mesmo: fazer pelos outros o que quereríamos que os outros fizessem por nós" - ao meu entender é a expressão mais sincera da caridade, pois resume os deveres do homem para com o próximo ou o seu semelhante.



Eu recebi nesta semana um email que me tocou profundamente, porque é um assunto que venho processando na minha mente todos os anos, nesta época de Natal. Trata-se de uma mensagem que diz ser uma parceria da Unicef e MSN, que ao repassá-la estaremos contribuindo com dinheiro a ser destinado ao combate à fome.


"Por favor, antes de jogar fora a comida que tem no seu prato pense nas pessoas que estão morrendo de fome! Na África, existem crianças morrendo de fome."

Eu não vou repetir o que está no corpo do e-mail, porque tanto eu quanto outros blogueiros temos dúvidas quanto a sua origem.


O que desejo enfatizar é: sentir a realidade a sua volta, não seja indiferente.

Quantos de nós esbanjamos o que salvaria uma criança? Quantos de nós desperdiçamos o que salvaria uma criança? Quantos de nós poderíamos fazer alguma coisa para melhorar a vida de uma criança bem próxima?!

"A vaidade é um elemento tão subtil da alma humana que a encontramos onde menos se espera: ao lado da bondade, da abnegação, da generosidade!" (Ernesto Sábato)

A pobreza é tamanha neste mundo, não precisamos ir até a Africa, ainda existem cidades paupérrimas no Brasil. Tantos seres humanos não tem o que comer nem beber, nem força para dar um abraço e sorrir em nenhuma data festiva.

Apesar de toda a minha dificuldade nesses últimos anos, talvez por isso mesmo, estou cada vez mais envolvida com essas questões, mais seletiva, mais preocupada em fazer algo construtivo e procuro corresponder com ações positivas que estejam ao meu alcance.

Quando Jesus chegou neste mundo, apresentou-se com simplicidade, nasceu numa manjedoura e cresceu com o suficiente para servir. Ele exemplificou na própria vida e em família o que desejava para todos: resiliência às adversidades e valorização por tudo que tinha. Ensinou a importância de dividir, de compartilhar, espaço, comida e pensamentos.

Anualmente vemos nossas crianças sonhando com brinquedos caros. "Papai Noel" acaba satisfazendo seus desejos que as alegram muito ao abrirem seus presentes. Dormem abraçadas com seus brinquedos, não os esquecem na semana subsequente e depois... muitos acabam sendo eternamente esquecidos.

E quanta comida é jogada fora?! Nesta época do ano tudo fica mais caro, os produtos diferenciados são mais caros, como frutas e especiarias. Mesmo assim, o excesso para não faltar, muitas vezes acaba sendo descartado.

Não podemos salvar o mundo todo, mesmo assim, existem pessoas que conseguem fazer a diferença. Enquanto não sabemos qual o papel a desempenhar, oremos, irmãos, pela paz, pela solução, pela não-violência, pelo fim da fome e da miséria.

Que a PAZ esteja com todos!



Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

25 comentários:

  1. Sissy dear,
    People should be thankful if they have a roof over their heads, food in their bellies and loved ones in their lives. So many are suffering everyday who need help. Not just on Christmas, but everyday, people need to show compassion for fellow men, women and children.
    What a wonderful post to help end the year.
    Peace to you too my love.
    Kisses, Craig

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sissym...

    Esse tipo de reflexão, deveríamos fazer sempre. Mesmo passando na mídia esse tipo de reportagem, sobre a "pobreza do mundo", existem pessoas que não se tocam.
    Penso nessa preobreza, mas não esqueço daquela falta de alimento para a alma, para o coração...exemplifico inúmera quantidade de idoso que vive na carência de um afago, um olhar carinhoso...

    Amiga, voltarei para desejar Feliz natal.

    Abraço,
    Lê.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Sissym!
    É de grão em grão, que a galinha enche o papo! Ou seja, cada um de nós fazendo o que está ao nosso alcançe, aos poucos conseguiremos o muito!
    Bjs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sissym!

    Lindo texto reflexivo para estes dias que antecedem o Natal.

    Muitos não viverão o Natal que desejamos a todos.
    É o lado triste da humanidade.
    Muitas vezes por falta de possibilidades, o lado material necessário é escasso, mas acho que um pouco de cada um já faz a diferença.
    Não podemos fazer muito, mas podemos amar e doar em abundância.
    O amor ao próximo é o caminho.

    Paz para você, amiga!

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Sissy querida!
    Linda mensagem, linda reflexão!
    Que todos possam retomar a consciência e fazerem ao próximo uma pequena doação de carinho... Isso pode ser representado de vários formas! Um pedaço de pão, uma doação, um sorriso, um abraço ou através de uma simples oração!
    Desejo que todos lembrem dos mandamentos e façam deles eternos "pedidos" e não mandamentos!
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  6. Oi amiga
    Como evoluiu seu trabalho!
    Saudade.
    Feliz Natal para você e sua filha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá Sissym
    Devemos ter este espírito solidário sempre !
    É lamentável sabermos que apenas uma minoria tem os privilégios das mesas fartas.
    Parabéns por excelente artigo
    Beijos
    Alba

    ResponderExcluir
  8. Seria estupendo que el espiritu solidario de la Navidad pudiera durar todo el año, no solamente en estas fiestas. Un fuerte abrazo amiga,

    ResponderExcluir
  9. @Craig: Lena, vc lembrou dos idosos, não é só afago, é paciencia tambem, um dia tiveram por nós. Beijos

    ResponderExcluir
  10. @Craig: Craig, it's been years since I always thoughtful in time for Christmas, I can not help thinking about the social differences around this world.

    ResponderExcluir
  11. @Rike: Algumas pessoas, e não são muitas, arregaçam as mangas e vão a luta pelo bem de muitos que sofrem.

    ResponderExcluir
  12. @Leh: Eu nao consigo imaginar que uma pessoa, seja criança, adulto ou idoso, sofra a dor da fome, que a consome lentamente, só Deus sabe como, até falecer.

    ResponderExcluir
  13. @Jackie Freitas: Como disse acima, ao amigo Joao, repito:

    á tem um mês que encontrei a mesma mãe e mesmo filho que toda semana estão catando lixo à noite, na minha calçada. Ele está crescendo. Ele fica ao lado da mae sem reclamar. Melhor com ela, do que sozinho num lugar de perigo esperando por ela. Pois bem, estava chovendo e frio. Pedi que esperassem um pouco. Fui em casa e peguei um otimo casaco (importado) que minha filha implica. Eu dei a ele. Semana passada, chovia e encontrei JEAN usando o casaco. Como me senti feliz!

    Acho que eu viveria a mesma historia de Um Sonho Possivel.

    beijos

    ResponderExcluir
  14. @Victor S. Gomez: Victor, muito obrigada. Eu tenho vc como meu exemplo de trabalho!

    Felicidades a voce tambem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. @Arte e Café: Alba, eu tenho visto coisas que me enojam... foi um dos motivos para fazer este post, pq conheço pessoas que tem uma vida farta, se vangloriam e na verdade pouco constroem.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. @Nieves: Nieves, no sólo en esta época del año, pero todos los días, de modo que cuando llegue la Navidad nos encontramos con los niños más sanos.

    ResponderExcluir
  17. Eloisa (arteinfantil-elartes.blogspot.com)
    comentou 23 horas atrás via dihitt

    Bela iniciativa .Bjs.

    ResponderExcluir
  18. Professor Renato Pantanal (pantanal-professorpantanal.blogspot.com)
    comentou 22 horas atrás via dihitt

    ótima iniciativa amiga!

    ResponderExcluir
  19. Jorge Purgly (purgly.blogspot.com)
    comentou 22 horas atrás via dihitt

    Se cada um fizer a sua parte, este mundo será uma maravilha.

    ResponderExcluir
  20. Macaco Pipi (www.novaquahog.com)
    comentou 9 horas atrás via dihitt

    se continuar do jeito que tá...penso que sim...natal em marte!

    ResponderExcluir
  21. Marcos Molina (marcosmolina66.blogspot.com)
    comentou 9 horas atrás via dihitt

    Sissym lembrei da história do beija-flor, valeu!

    ResponderExcluir
  22. Jfelipe (sempre-umpoucodetudo.blogspot.com)
    comentou 9 horas atrás via dihitt


    Sissym

    Natal seria todo dia se cada um de nós se dispusesse a fazer a diferença.
    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Joao Assis (assisj29.blogspot.com)
    comentou 8 horas atrás via dihitt

    Querida amiga Sissym,

    Primeiramente gostaria de desejar um feliz natal e um próspero ano novo.

    Tambem compartilho seu pensamento,mesmo que nao consigamos melhorar o mundo todo,comecemos pela nossa calçada,depois pela nossa rua e assim progressivamente,quando dermos conta,muita coisa boa já terá sido feita.

    Beijos amiga.

    ResponderExcluir
  24. Olá Sissy,

    As tuas palavras são sempre envolvente e tuas campanhas e chamamentos oportunos, o vídeo da Alanis é mostrado todo fim de ano na Escola de Médiuns do Cele

    Abraço

    ResponderExcluir
  25. @Geraldo: Geraldo, eu tambem já usei este video umas 5 vezes.
    Ele é fantastico, as imagens, a letra, a mensagem.

    Quanto mais eu leio noticias deste mundo, mais fico me perguntando o que poderia fazer por ele.

    Então, não podia ser indiferente à realidade quenos rodeia.


    Bjs

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada