Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

sábado, 13 de março de 2010

O Caminho da Vida

O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza,
porém nos extraviamos.

A cobiça envenenou a alma dos homens...
levantou no mundo as muralhas do ódios...
e tem-nos feito marchar a passo de ganso
para a miséria e morticínios.

Criamos a época da velocidade,
mas nos sentimos enclausurados dentro dela.
A máquina, que produz abundância,
tem-nos deixado em penúria.

Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos;
nossa inteligência, empedernidos e cruéis.
Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.

Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade.
Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura.
Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.


"Charles Chaplin"







Ele nasceu em Londres, 1889 e viveu 88 anos. Ator, diretor, roteirista, musico, ele foi um dos mais famosos atores do período conhecido como "A era do ouro" do cinema norte-americano. É o mais homenageado cineasta de todos os tempos devido a inigualável contribuição à sétima arte. Podemos encontrar maravilhosas mensagens, poemas, pensamentos deste ilustre artista que todos admiramos e não esqueceremos.

A ultima parte do poema acima citado parece tão atual, concordam?!

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

6 comentários:

  1. Olá querida fadinha Sissym! ;-)
    Chaplin era genial! Uma pessoa com grande sensibilidade e criatividade.
    Realmente o mundo precisa de mais sensibilidade. Hoje faz falta.
    Beijo no coração, Fernandez.

    ResponderExcluir
  2. Olá queria amiga e fadinha Sis,

    Linda a poesia de Charles Chaplin que publicou.

    É verdade, escrita há tanto tempo e no entanto, atualíssima.

    A vida, apesar das modernidades e dos avanços tecnológicos, teve uma melhora na qualidade no viver, mas as dificuldades sempre surgiram, nos tempos passados e no atual.


    A nossa vida, querida Sis, é como um livro. Páginas e páginas escritas. Conteúdo maravilhoso, mas em algumas folheadas, encontramos uma ou outra página que não gostamos de ler, pois escritas com palavras de fel, ou momentos dolorosos demais.... Sofremos... mas viramos a folha e logo vem outra tão bela como as anteriores, com momentos alegres e deixamos para trás a folha temida e trite.

    Vamos pensar nas coisas boas, nas amizades e amor que recebemos dos amigos.

    O afeto é que nos move em direção a uma vida doce e afável. Amemo-nos, uns aos outros. É um mandamento de Deus.

    Beijos amada e fique com a paz e a proteção de Deus.
    Carinhoso e fraterno abraço,
    Lilian

    ResponderExcluir
  3. Olá Sissy!
    Linda poesia essa que publicou e serve para nos fazer refletir bastante. Definitivamente temos de rever nossos conceitos, pois toda essa onda de tecnologia, velocidade e principalmente desumanidade acaba nos afetando, influenciando indiretamente...
    Precisamos de mais amor e precisamos também saber valorizá-lo, outra coisinha que está faltando..
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Chaplin é Chaplin, primeiro é único. Das pessoas que hoje em dia fariam a diferença no mundo atual, ele é uma delas.

    ResponderExcluir
  5. Que Post Fantástico!
    Amiga SISSYM, concordo plenamente, a última parte do poema continua atualíssimo. No mais a essência da passagem de mensagem em Poesia retrata muito bem a robotização do ser atual
    Parabéns por mais um lindo Post!

    Contagiou. Mexeu. Valeu.
    Abraços fraternos,
    LISON.

    ResponderExcluir
  6. Olá Sissy,

    Esta poesia é fantástica, as palavras mais do que atuais e verdadeiras..

    Abraço

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada