Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

domingo, 20 de dezembro de 2009

E o vento vai ...



O vento voou nas ondas do mar...
um suspiro da espuma percorreu
minhas pernas, elevou a arrepiar
a marolinha fria, meus pés lambeu

Olhei o horizonte e respirei fundo
porque o tempo é a única resposta
o vento, é meu mensageiro oriundo
do céu que brada forte na encosta

E o vento rodopia a folha distante..
olho para trás, resolvo ir ao jardim
descanso num banco, ser ofegante
de um modo contemplativo, enfim

A crisália se abre com um beijo leve
acolhe pétalas regadas pelo orvalho
longe o soar de ondas, forte e breve
faz e desfaz na terra, longo trabalho

E o vento se vai...

Eu já amei, assim continuarei a amar,
morrerei de amor... Sempre amando!
Amo até as folhas caídas, a embelezar
a praça da paixão, vou contemplando.

Uma seta atingiu o romântico coração
voou com o vento indo para o destino
encontrei um homem e a sua sedução
é dono deste pousou perdido e divino

E o tempo se vai...

Ah, o amor... comanda as sensações
transformador de coisas inatingíveis
como o tempo e o vento, as estações
do corpo, da alma e seres sensíveis.

Por uma apaixonada pela vida,
chamada: Sissym










"DAS UTOPIAS
Se as coisas são inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que tristes os caminhos, se não fora
A presença distante das estrelas!
-Mário Quintana
"

"Amo como ama o amor.
Não conheço nenhuma outra razão
para amar senão amar.
Que queres que te diga,
além de que te amo, se o que quero
dizer-te é que te amo?
-Fernando Pessoa
"

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

10 comentários:

  1. Fantástica como sempre...

    Beijos, e tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  2. Tenho imenso prazer em ler e poder apreciar suas poesias. Esta em especial me encantou demais, pois suas palavras refletem amor, paixão... E acima de tudo, tendo a natureza a participar.

    "De repente uma brisa...
    A suave brisa
    embriaga me viver.
    A suave brisa... fica.
    Se instala em meu coração!
    É o amor que veio com a brisa e
    se fixou com o vento..."

    Beijo como todo meu carinho.

    Débora.

    ps. Perder o sono às 3 da manhã é p acabar comigo! rs

    ResponderExcluir
  3. Com esse lindo Poema que vc assina, declara a profunda paixão que tem pela vida. Apaixonada Sissym!!

    forte Abraço,

    Hod.

    ResponderExcluir
  4. E o amor é assim: cheio de encantos e arrepios.

    Belo poema, Sissym!

    Beijos
    Luísa

    ResponderExcluir
  5. Bom Dia!
    Sissym,
    Belissímo poema!Fechando os olhos deu para ouvir o barulho do mar e sentir o vento soprar. Lindo..
    Beijos no coração, muita Luz e Inspiração. Fica com Deus.

    ResponderExcluir
  6. Bom depois desta ode aos ventos...

    Fica só um suspiro...

    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Olá Sissym,
    Lindo poema, para mim o amor em todos os seus aspectos, é o melhor da vida, apesar de às vezes termos decepções!...
    Nesta época é AMOR o que lhe desejo, hoje amanhã e sempre e que sempre também tenha essa extraordinária faculdade de espalhar amor.
    Beijinhos,
    Manuela

    ResponderExcluir
  8. Amar sempre! O melhor dos sentimentos e a melhor das emoções.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  9. Sissym, The arrow is stuck in my heart forever. Yes I will be calling you. My heart is yours forever. Love, Craig

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada