Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

O que me toca profundamente...

A sensibilidade!

Na prosa ou poesia. Nos comentários. Nos dias chuvosos ou ensolarados. Na energia fantástica que podemos sentir, se assim desejarmos.

Outro dia Juliana Ramires solicitou solidariedade. Que lindo gesto aquele. Eu sempre acreditei na força do universo que é gerada pelo ser humano.

Hoje, que surpresa, minha amiga Vera Marina apresentou um texto magnífico, um vídeo que não conhecia, nem mesmo a música, conteúdo tão exato com o que vivemos hoje. Post envolvido pelas doces palavras e apoiadas pelos amigos do dihiTT.

Os rapazes vivem me cutucando para que a inspiração tome conta do meu ser e apresente mais uma poesia... nossa... isso é bárbaro!

Já estamos em Halloween (Dia das Bruxas), que muitos brasileiros acabaram aderindo também. A globalização das culturas. O simbolismo tem como origem a língua inglesa, um evento tradicional e cultural, que acontece em países anglo-saxônicos (Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Irlanda). As celebrações começaram com os antigos povos que habitaram as Ilhas da Grã-Bretanha e Gália. Os Estados Unidos que popularizaram a comemoração introduzindo "abóboras" e a frase "gostosuras ou travessuras". A princípio ,a data não fazia referência às bruxas, sim ao calendário celta da Irlanda e marcava o fim do verão e início do ano novo.

Mas, e a relação desta data com as bruxas?! Começou na Idade Média devido as perseguições religiosas e políticas, conduzidos pela Inquisição, a fim de condenar os homens que se denominassem curandeiros e pagões. Quem fosse suspeito seria julgado como bruxo ou bruxa e, geralmente, queimados em fogueiras como forma de afirmação de autos-de-fé (rituais de penitência e humilhação pública).


Já brinquei nesta semana relembrando as saudosas Família Monstro e Família Adams, "integrantes" da minha eterna infância. Então... voltando às amizades, ao conteúdo, ao dia místico (nossa.. adoro isso!), um pouco de mim: o suspense, o ar sedutor, a melodia envolvente que jamais canso de ver, rever, cantar....

Comemorarei Halloween assim :



Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

11 comentários:

  1. Saudações!
    Amiga Sissym,
    Mais um post magistral que você nos presenteia...Ao que parece é uma espécie de fusão de culturas que está de mãos dada!
    Parabéns pelo lindo Post!
    Abraços!
    LISON.

    ResponderExcluir
  2. Thank you for the history,....and of course the video! I will tell Alice Cooper you said, "hello"..LOL...Beijos and Happy Halloween!!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o vídeo! Como falas das origens anglo-saxónicas do Halloween, penso que irás gostar de ver uma demonstração especial, irlandesa, da irreverência feminina (não tem nada a ver com o tema, mas espero que não te importes)... sorry...http://www.youtube.com/watch?v=As-DGKue2VA&feature=related

    Beijos
    Luísa

    ResponderExcluir
  4. "Your spirit and my voice in one combined; My spirit and your voice in one combined"...

    It's the most faithful truth, dear!! É a mais pura verdade.

    Bjs Nereida!!

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post e o vídeo é de uma beleza subliminar.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. As tuas palavras de afectos e sensibilidade, fazem-me lembrar aquela canção de Vinicius, «se todos fossem iguais a você...»
    Não festejo o Hallowenn, existe por cá (Portugal) há poucos anos, penso que mais por objectivos comerciais.
    Gosto do Fantasma da Ópera, gostei de ver esse filme.
    M.Q. passa bem e bjiiinhooos,
    Manuela

    ResponderExcluir
  7. Linda amiga, maravilhoso seu post! Encantada com este vídeo, amo de paixão o Fantasma da ópera.. Aff. Eu também quero comemorar meu Halloween assim.

    Beijos querida, um lindo fds.

    ResponderExcluir
  8. Oii lindaa!!
    Passei pra deixar uma beijoca e desejar um abençoado fim de semana!
    Cheiros =]

    ResponderExcluir
  9. Muito bom, parabéns!
    Sempre adorei a história e a música, mas achei o filme meio chato.
    Não sei se conhece, e obviamente existem milhares de versões, mas experimente ouvir as versões da Sarah Brigthman e do Nightwish, são as que mais gosto.
    Quanto ao Halloween, já era de se esperar que iríamos importar mais esta tradição, afinal, nossa cultura (se assim pode-se dizer) é essencialmente americana (seriados, filmes, talk shows, reality shows, etc.), além do que, até parece que o comércio iria deixar passar essa "boquinha".

    Abraços e bom feriado!

    ResponderExcluir
  10. Oi Guria,

    Até curto o Hallowen, mas de longe.

    Quando o lobo uiva e a lua cheia e mostra, a sombra domina o coração dos descuidados e os leva para seu mundo mágico

    Abraço

    ResponderExcluir
  11. Olá querida Sissym
    Não consegui ver o vídeo, acho que é a configuração do computador do meu filho, que estou usando aqui em Porto Seguro.
    Menina, estou doidinha para voltar para minha casa, para ler tudo, comentar e responder a quem comentou nas postagens que deixei programadas. Aqui raramente acesso a net, por falta de tempo, devido as providências com a minha mudança para cá. Então voltarei com mais tempo, para ler o que escreveu durante os dias que estive fora!
    Há anos trás, quando morei aqui em Porto, ia a festas de Halloween mas este no cheguei aqui exatamente no dia e...nem me lembrei!rs
    Obrigada pelo carinho, fico feliz em saber que gostou do Masquerade. Eu fiquei encantada também, minha amiga e por isso o ofereci a você: a sensibilidade em pessoa!!!
    Beijos

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada