Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

domingo, 13 de setembro de 2009

Poética de Vinicius de Moraes

Poética I

De manhã escureço
De dia tardo
De tarde anoiteço
De noite ardo.

A oeste a morte
Contra quem vivo
Do sul cativo
O este é meu norte.

Outros que contém
Passo por passo:
Eu morro ontem

Nasço amanhã
Ando onde há espaço:
– Meu tempo é quando.








Poética II

Com as lágrimas do tempo
E a cal do meu dia
Eu fiz o cimento
Da minha poesia.

E na perspectiva
Da vida futura
Ergui em carne viva
Sua arquitetura.

Não sei bem se é casa
Se é torre ou se é templo:
(Um templo sem Deus.)

Mas é grande e clara
Pertence ao seu tempo
– Entrai, irmãos meus!

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

4 comentários:

  1. Sissy,
    Você cada vez melhor acompanhada.
    Vinicius se supera nestas Poéticas.
    Abraço carinhoso,
    Edu

    ResponderExcluir
  2. Profundos né?
    Simplesmente lindos, bjs.

    ResponderExcluir
  3. Muito boa esta selecção, são poesias fantásticas.
    Vinicius é maravilhoso

    Abraços

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada