Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

domingo, 22 de março de 2009

os Invejosos são Amorais
















"O otimismo não constitui poltrona preguiçosa para os crepúsculos de anil. É manancial de forças para os seus dias de luta.

A resistência não é adorno verbalista. É sustento de sua fé."
(
Chico Xavier)


Inveja é um dos sentimentos mais difíceis e torpes de serem eliminados da mente humana. Trata-se de um dos vícios que mais causa sofrimento à humanidade. Onde houver apego à materialidade das coisas, notadamente em seu significado, naquilo que o objeto de desejo simboliza em termos de bem-estar e status quo, aí estará a inveja, sobrevoando os pensamentos mais íntimos . A cobiça é o seu motor.

É o desejo por atributos, posses, status, habilidades de outra pessoa gerando um sentimento tão grande de egocentrismo que renegue as virtudes alheias, somente acentuando os defeitos.

A origem latina da palavra inveja é "invidere" que significa "não ver".

Entretanto, a inveja não é uma característica intrínseca do gênero humano ela é fruto do egoísmo, em uma sociedade concorrencial.

Os indivíduos, em contraposição, disputam poder, riquezas e status, aqueles que possuem tais atributos sofrem uma reação dos que não possuem, que almejariam ter tais atributos, isso em psicologia é denominado formação reativa: que é um mecanismo de defesa dos mais "fracos" contra os mais "fortes".

A inveja é um produto social e histórico, sentimento esse arraigado no capitalismo no darwinismo social, na auto-preservação e auto-afirmação, a inveja seria a arma dos "incompetentes".

Numa outra perspectiva, a inveja também pode ser definida como uma vontade frustrada de possuir os atributos ou qualidades de um outro ser, pois aquele que deseja tais virtudes é incapaz de alcançá-la, seja pela incompetência e limitação física, seja pela intelectual.

Há pessoas que se colocam sempre alertas ao menor movimento. Basta alguém se destacar em alguma área, por mais ínfima que seja e lá estará o invejoso, pronto para apontar o dedo e tentar minimizar o feito de seu próximo. Uma roupa diferente, um calçado da moda ou mesmo um brinco ou pulseira bem colocados, já torna-se motivo para elogios, nem sempre sinceros.


As mulheres, e que me perdoem as mulheres, elas são pródigas nesse tipo de expediente.


Fontes:
Dr. Eugenio Lara
(texto espírita de 1998)
Dicionário Aurélio/Wikipédia

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

2 comentários:

  1. Amiga, que coisa séria. Fique firme. Preciso entender mais esse negócio.

    ResponderExcluir
  2. "Dizem que existem algumas diferenças básicas de invejas para cada sexo. O homem geralmente tem inveja do carro, do status e da posição social alheia, já a mulher está mais ligada à aparência pessoal, invejando o vestido, o corte de cabelo, o corpo ou o namorado da outra."

    É duro ter que conviver com um invejoso.

    bjs

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada