Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

domingo, 15 de março de 2009

Como-te com olhos

Os meus olhos são ressabiados
Quando querem são brilhantes
Entre expressivos e abusivos
Eu me transformo: radiante!

O sorriso completo e maroto
Da boca nada sai senão a língua
Através dele sinto até seu gosto
E o seu movimento me fascina

Extasiada reprimo toda fome
Pois o alimento só tem valor
Do que meus olhos dão nome
Numa lambida sinto fervor

Meus olhos percorrem voce
Sem notar que lhe observo
Seja ilusão de minha mente
eu lhe devoro completamente

(por Sissym)

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

6 comentários:

  1. Sissy,
    Nooosssaa,que posia mais instigante,tá inspirda hein!!!!
    Beijos,amiga.

    ResponderExcluir
  2. nossa, nunca comi ninguem desse jeito,, mas,valeu pelo belo poema.. afff xegaripiei...

    ResponderExcluir
  3. Bela poesia como sempre Sissy. Vai longe carreira de poeta, parabéns. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olha só que lindo, fiquei tod arrepiado.
    Me deu uma curioidade também. Você já escreveu algum livro???

    ResponderExcluir
  5. Hummm... Quantas sensações, hein?
    Eu diria: mais que comer com os olhos, comer com as (tuas) palavras!
    Abraços!

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada