Thanks for your visit. Comments or contact: sissym.mascarenhas@hotmail.com

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Ato Selado


Confesso.
Eu tenho um problema sério:
Promessas.
Promessa é algo a cumprir.
Promessa é a palavra.
Promessa é o ato.

Isso não é poesia, nem poema, sim reflexão.

"
Se tu vens as quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz" Antonie de Saint-Exupèry

Prometo sorrir.
Prometo não chorar.
Prometo falar.
Prometo ficar quieta.

Resiliente.
Eloquente.

Prometo comer menos carboidratos.
Prometo comer menos doces.
Prometo não ter vícios.
Ter força de vontade.

Prometo começar atividade física.
A qualquer dia em qualquer lugar.
A qualquer instante.
Sem divagar.

Prometo agir sem constrangimento.
Prometo ser fiel ao meu pensamento.

Prometo amar incondicionalmente.
Prometo doar-me à justa causa.
Prometo ser gentil naturalmente.
Prometo ser sua melhor amiga.

Prometo dormir mais cedo.
Prometo espantar a preguiça.

Quantas promessas podemos colocar aqui?
Quantas esqueci ou esquecemos?

O fato é que promesssas
amarram pensamentos
aprisionam sentimentos
tornam as horas escassas.

Antes de prometer qualquer coisa a alguém,
não importa a idade que esta tem,
pense:
pode ser que você encontre uma pessoa real,
pessoa esta que dê valor à honra e seja leal.

Transmita a palavra com dignidade.
Cumpra ou simplesmente use de humildade,
Saiba que a sinceridade
de uma desculpa apoiada na verdade
possa não ferir preciosa amizade.

Algumas pessoas ainda seguem tradições,
que não apreciam contradições.
Antes de fazer uma promessa,
ponha a mão na testa,
e não coloque limitações
à beça.


"Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos".
Antonie de Saint-Exupèry


(
Sissym)

Compartilhe esse artigo:

Related Posts with Thumbnails Related Posts with Thumbnails

5 comentários:

  1. Olá, devemos sempre cumprir o que prometemos, mesmo que seja para nós mesmos. Mas, é costume muitas vezes "esquecemos" do que prometemos. Devemos ficar atentos com nossas promessas.

    Abraços

    Francisco Castro

    ResponderExcluir
  2. è que é nos cobrado tantas coisas que prometemos, mesmo que saibamos que lá no fundo não vai dar para manter a palavra. Por isso que hoje em dia quando alguém me pede para prometer algo já respondo: Vou ver se é possível. Pode ser uma fuga imediata, mas magoa menos do que prometer e não cumprir.
    Bjo,
    Romy.

    ResponderExcluir
  3. Palavra última coisa que nos resta. Enpenhar a palavra é empenhar o nosso bem mais precioso. As vezes me dou mal, por que quero que os outros sejam como eu, mas isso é impossível, cada qual é um universo independente. Espero um dia conseguir parar de me cobrar tanto, e com isso deixar de cobrar os outros.

    ResponderExcluir
  4. Há um ditado que diz que a palavra tem poder, ela toca, provoca expectativas, nos faz sonhar. As piores brigas são as por meio da palavra, ela também fere. As promessas devem ser feitas quando temos certeza de cumprí-las. Falar ao vento faz perder a credibilidade e confiança. Arrasou na poesia! Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Aos amigos que aqui visitaram deposito meus sinceros agradecimentos.

    ResponderExcluir

Recados: sissym.mascarenhas@hotmail.com
Obrigada